Acusados de envolvimento em morte de agente penitenciário são condenados

BandNewsCuritiba

Os três acusados de envolvimento com a morte de um agente penitenciário em Guarapuava, na região central do Estado, foram condenados pelo júri popular. As penas variam de três a vinte anos de prisão pelos crimes de homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo.

O crime aconteceu em 2015 quando dois homens invadiram o Centro de Regime Semiaberto de Guarapuava e mataram um agente penitenciário de 31 anos.

Cinco homens foram presos por suspeita de participarem do crime. Quatro deles foram denunciados, mas um deles morreu em fevereiro desse ano. Os outros três foram condenados. Um dos réus confessou ser o autor dos tiros que mataram o agente penitenciário e foi condenado a vinte anos e cinco meses de prisão.