Polícia ouve testemunhas para apurar morte de jovem esfaqueado em ônibus

Foto: Reprodução / Google/StreetView
Foto: Reprodução / Google/StreetView
Ana Krüger | CBN Curitiba

A Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) investiga o assassinato de um estudante de 16 anos dentro de um biarticulado. O crime aconteceu na última sexta-feira (7) na Estação Tubo Hospital Cajuru, na Avenida Presidente Afonso Camargo, em Curitiba. A polícia civil analisa imagens das câmeras da estação tubo e ouve testemunhas para apurar o que aconteceu.

Pedro Felipe Lopes da Luz foi esfaqueado, não resistiu aos ferimentos e morreu. Ele foi atingido na região do peito e do abdômen. O jovem estudava em um colégio estadual da região e foi ferido por volta do meio dia.

De acordo com testemunhas, vários estudantes teriam tentado entrar no biarticulado pela porta quatro, sem pagar a passagem. Um passageiro viu a cena, se irritou e teria atacado Pedro e um segundo estudante da mesma escola. O segundo adolescente foi ferido na mão. A polícia investiga o caso e tenta confirmar se os jovens teriam ou não furado a catraca.

> Multa aos ‘fura-catracas’ é aprovada na Câmara de Curitiba

Diante da confusão, o motorista do ônibus orientou que todos os passageiros desembarcassem. O veículo foi recolhido.

Uma ambulância do SAMU passava pelo local e viu o tumulto. Quando os socorristas se aproximaram viram o Pedro ferido, no chão. Ele chegou a ser levado rapidamente para o Hospital Cajuru que fica a alguns metros dali, mas morreu após uma parada cardíaca.

Na página do Facebook, dezenas de mensagens de familiares e amigos lamentam a morte do adolescente. O corpo dele foi enterrado no último sábado, em um cemitério de São José dos Pinhais, na Grande Curitiba.