Polícia prende suspeitos de atirar em passageiro durante arrastão em ônibus

Foto: Divulgação Polícia Civil
Foto: Divulgação Polícia Civil

A Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) prendeu em flagrante, nesta sexta-feira (9), o autor do disparo que feriu gravemente um homem de 39 anos, na noite da última quinta-feira (8), durante um roubo em que três indivíduos rendem o motorista, o cobrador e os passageiros de um ônibus coletivo, no bairro Tatuquara, em Curitiba.

Andrey Lobo, de 19 anos, foi preso em uma residência no mesmo bairro. Além dele, um adolescente de 16 anos, que também teria participado do roubo, foi apreendido. Um terceiro suspeito já foi identificado, mas permanece foragido.

De acordo com o delegado-titular da DFR, Matheus Laiola, os suspeitos foram reconhecidos por vítimas que presenciaram o fato. Segundo o delegado, eles foram identificados poucas horas depois do roubo. Para isso, ele conta que as equipes de investigação colheram imagens de câmeras de segurança. “Inicialmente, isso auxiliou na identificação dos suspeitos. A partir daí, os policiais empreenderam diligências em várias regiões do bairro Tatuquara e conseguiram checar a localização do adolescente”, revela.

O menor foi encontrado em via pública, durante uma confraternização de moradores. Na sequência, os investigadores chegaram até Andrey, que confessou ter, não apenas participado do crime, como ter sido o autor do disparo que vitimou o passageiro. “Ele foi encontrado em casa, não estava armado, mas tinha escondido a bermuda que usou na hora do crime dentro do fotrro. O menor estava festejando, brindando com amigos. Eles foram trazidos aqui para a delegacia”, afirma Laiola.

Ele foi reconhecido pelo cobrador e por uma gestante que estavam no ônibus. “Afirmaram que ele foi extremamente violento a todo momento”, disse o delegado.

Eu dei a voz de assalto, pulei a catraca e fiquei ali perto do motorista e do cobrador. Eu estava ali ‘de boa’, enquanto eles roubavam o dinheiro e os aparelhos. Dai eu ouvi o ‘pia’ falando e olhei para trás e vi ele dando uns murros no meu parceiro. Foi quando eu atirei. Fiz um disparo só”, afirmou o suspeito.

Na delegacia, o suspeito preso contou detalhes de como tudo aconteceu, afirmando que apenas atirou na vítima porque o homem reagiu, tentando agredir um dos suspeitos. A polícia, que deve pedir a prisão preventiva dos suspeitos nos próximos dias, trabalha agora para localizar o terceiro suspeito.

O adolescente, que já tem passagens pela polícia pelo crime de roubo, foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente. Já o suspeito preso, que não tinha antecedentes criminais, permanece custodiado no setor de carceragem temporária (Secat) da DFR, à disposição da Justiça.

O caso

O passageiro que foi baleado, na cabeça, durante um arrastão a um ônibus na noite de quinta-feira (8), em Curitiba, está em estado grave, de acordo com a Secretaria da Saúde.

O ônibus saiu do terminal Pinheirinho, onde o trio de assaltantes embarcou. O assalto ocorreu por volta das 20h30, no bairro Tatuquara, com o ônibus lotado (cerca de 50 passageiros), segundo o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc).

Segundo a Guarda Municipal, o homem reagiu ao assalto e foi baleado. Os assaltantes roubavam dinheiro e pertences das vítimas.