Assessores de deputados paranaenses são citados na Operação Carne Fraca

Foto: Faep
Foto: Faep

Assessores parlamentares dos deputados federais paranaenses Sérgio Souza (PMDB-PR) e João Arruda (PMDB-PR) são citados nos documentos da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal nesta sexta-feira (17). Os dois foram alvos de medidas de condução coercitiva e busca e apreensão. A princípio, o juiz, Marcos Josegrei da Silva, descartou a participação dos deputados.

O assessor de Arruda, Heuler Iuri Martins, foi interceptado em algumas escutas telefônicas funcionando como uma espécie de defesor dos frigoríficos. Heuler atuava nos pedidos de afastamento de fiscais que não estariam colaborando com o esquema criminoso. Uma das fiscais chegou a ser apelidada de ‘capeta’ por denunciar as irregularidades nas empresas e teve o requerimento para deixar o cargo combinado por telefone.

Acompanhe um trecho:

HEULER – Deixa eu te falar, o capeta está lá véio.

SIDIOMAR – Então, ela pegou um carro para atender uma denúncia na ouvidoria, mas a denúncia era em IBAITI, não era em…

HEULER – Está lá no laticínio.

SIDIOMAR – Ah, então ela desviou a rota, depois nós vamos ver o que que nós vamos ter que fazer com esse negócio, esse desvio dessa rota dela para ir para lá

HEULER – Ela está perseguindo. Eu falei para o Juarez ontem. O que eu passei para ele as coisas que ela está fazendo, denúncia no IAP contra a empresa, denúncia na Receita.

SIDIOMAR – Ela não pode, ela não pode.

HEULER – Entendeu?

SIDIOMAR – Ela não pode, ela não tem competência para isso, inclusive eu vou fazer um texto, você vai vir só sexta né?

Ronaldo Troncha, ex-assessor de Souza, também aparece nas gravações. Além de demonstrar proximidade com um dos fiscais investigados, Daniel Gonçalves Filho, Troncha chega a receber transferências bancárias e senha para acessar o sistema de procedimentos administrativos do Ministério da Agricultura.

DANIEL: vou dá minha senha pra você, cê entra aí.

RONALDO: fala ai.

DANIEL: põe na Internet ai SEI…Ministério…MAPA…põe ai.

RONALDO: hum hum…espera aí..pronto…usuário…

DANIEL: usuário daniel.goncalves (…) mas isso cê só vai vê as coisas do Paraná hein?

RONALDO: só do Paraná…

DANIEL: só a Superintendência aqui… cê num pode fazer nada.

RONALDO: não, não! Eu num vou fazer nada….

DANIEL: é…põe aí paganini196

O outro lado

O deputado federal Sérgio Souza, por meio de nota, esclareceu que Ronaldo Troncha não é mais seu assessor desde o ano passado, e que os fatos datam da época em que o mesmo não trabalhava em seu gabinete. “No período que foi assessor, Ronaldo desempenhou suas funções com dedicação e, até onde o conheço, é pessoa ilibada e responsável”, destacou o parlamentar.

Já o deputado João Arruda, também através de nota, informou que a relação do assessor parlamentar Heuler Martins com o setor de carnes enquadra-se apenas em atividades como apoio à prefeituras em projetos junto a Ministérios, assessoria legislativa de análise de projetos, acompanhamento a atividade de apoio aos produtores rurais e outras ações do gênero. Diante disso, o parlamentar afirmou que não há nada que implique em possíveis desvios de conduta e que Heuler respondeu as explicações solicitadas pela Justiça e foi liberado. “Apoio as investigações e espero que os eventuais culpados sejam punidos”, finalizou.