Câmara vota frentes parlamentares

Câmara de Curitiba
(Foto: Chico Camargo/CMC)

Metro Jornal Curitiba

A criação de quatro frentes parlamentares começa ser votada hoje na Câmara Municipal. Propostas do início do ano para cá, as frentes que devem ser criadas são em Defesa da Vida e da Família, Contra as Drogas, da Proteção e Defesa Animal e dos Direitos de Pessoas Vítimas de Violência, e devem durar até o fim da legislatura atual, em 2020.

A Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Famíliasegundo os vereadores que assinaram o requerimento, é acompanhar e fiscalizar programas e políticas públicas voltadas a essas áreas. Os indicados para a presidência e a vice são Dr. Wolmir Aguiar (PSC) e Ezequias Barros (PRP).

Já a Frente Contra as Drogas foi proposta por Ezequias Barros, com a assinatura de outros 14 vereadores. E a Frente da Proteção e Defesa Animal deverá ter Fabiane Rosa (PSDC) como presidente e Katia Dittrich (SD) como vice-presidente.

A vereadora Maria Leticia Fagundes (PV) propôs e deve presidir a Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos de Pessoas Vítimas de Violência, que teria Katia Dittrich como vice-presidente. A ideia, diz a justificativa da proposta, é “fomentar o debate e tratar de ações que visem a proteção de vítimas de acidente de trânsito e de violência, em especial os idosos, as mulheres, as crianças e os adolescentes.