Moro confirma que ligou para Bolsonaro após encontro rápido em aeroporto

Moro e Bolsonaro

O juiz federal Sergio Moro confirmou ter telefonado ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) após encontro com ele no Aeroporto Internacional de Brasília, no último 30 de março, em que o juiz teria “ignorado” o parlamentar.

Moro confirmou nesta terça-feira (9) ao Paraná Portal que ligou para Bolsonaro após o encontro e disse que não teve a intenção de ofender o parlamentar com o gesto e que não queria que o fato fosse explorado politicamente. A ocorrência da ligação foi contada por Bolsonaro há alguns dias e confirmada agora pela assessoria do juiz.

“De fato, contatei o sr. deputado a fim de esclarecer, em vi­sta da repercussão do episódio no aeropo­rto, que não era min­ha intenção ofendê-lo ou que o ocorrido fosse explorado poli­ticamente. Somente isso” – disse Moro, segundo a assessoria de imprensa da Justiça Federal do Paraná.

No encontro, Bolsonaro abordou Moro, o cumprimentou, mas não recebeu atenção do juiz que correspondeu apenas com um rápido gesto. Bolsonaro chegou a bater continência ao juiz, que saiu sem conversar com o deputado.

O encontro gerou debate e até piadas. “Nunca namore alguém que te trate como Sérgio Moro tratou hoje Bolsonaro”, escreveu um usuário no Twitter. Seguidores e apoiadores de Moro argumentaram que “ele fez certo, juiz não deve estar de riso com político”, rebateu outro. Houve até quem fizesse montagem com o vídeo ao som de “É tarde demais”, do Raça Negra.