Aumenta o número de locais próprios para banho no Paraná

Foto: Priscila Forone

Aumentou o número de pontos próprios para banho no Paraná, segundo o boletim de balneabilidade divulgado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) nesta sexta-feira (17). 62 locais no litoral, na região oeste e norte não apresentam risco à saúde. Dois pontos que haviam sido considerados impróprios para banho no último boletim saíram da lista: no Rio Paranapanema, no município de Primeiro de Maio, e um dos pontos monitorados em Guaratuba, no litoral.

Quatro dos 59 locais observados semanalmente no litoral apresentam concentração de bactérias acima dos padrões estabelecidos pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Dois desses locais estão no Rio Nhundiaquara, em Morretes, um no Rio Marumbi e um na Ponta da Pita, em Antonina.

13 pontos são monitorados semanalmente em Guaratuba. A mesma avaliação acontece em 14 locais de Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, seis na Ilha do Mel, três em Morretes e dois em Antonina. O local de monitoramento de três pontos em Guaratuba foi alterado – dois na Praia Central e um em Caieiras.

Interior

O monitoramento feito no norte e oeste do estado mostra que todos os pontos monitorados estão próprios para banho. A qualidade da água é avaliada em 17 locais de praias artificiais e represas.

A avaliação acontece nas cidades de Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, São Miguel do Iguaçu, Itaipulândia, Missal, Santa Helena, Entre Rios do Oeste, Marechal Cândido Rondon e em Primeiro de Maio.