Fernanda Montenegro faz exigência curiosa para abrir Festival de Teatro de Curitiba

Foto: Divulgação/Festival de Teatro
Foto: Divulgação/Festival de Teatro

A atriz global Fernanda Montenegro exigiu dos organizadores do Festival de Teatro de Curitiba uma apresentação gratuita para estudantes de teatro da peça qual é protagonista. “Nelson Rodrigues Por Ele Mesmo”.

Assim, Fernanda vai estrelar a peça às 11 horas do dia 29, no Teatro Bom Jesus, após ter feito o mesmo espetáculo na abertura do evento, na noite anterior, no Teatro Guaíra.

Os estudantes de artes cênicas vão poder retirar os ingressos uma hora antes da apresentação e estarão sujeitos a lotação do espaço.

A peça de abertura não tem ingressos a venda e apenas convidados podem acessar o local.

Nelson Rodrigues Por Ele Mesmo

“Nelson Rodrigues é hoje considerado o grande autor trágico do Brasil. Para muitos é o único grande autor dramático do Brasil, mas, para mim, ele é sobretudo o descobridor de uma linguagem cênica, de uma linguagem essencialmente liberta de compromissos literários”, diz Fernanda Montenegro em texto sobre o autor com quem conviveu. “Eu sinto que o Nelson nunca foi o antes e o depois de um diálogo dramático, mas sim a essência, o momento que deflagra a crise cênica. Nelson confiava no publico e na relação que se estabelecia entre o público e a linguagem da peça.”

A atriz faz em Nelson Rodrigues Por Ele Mesmo, projeto que estreou em 2014, a leitura de trechos do livro homônimo, uma compilação de crônicas e entrevistas do escritor, organizada por Sônia Rodrigues, filha do dramaturgo.

Fernanda Montenegro e Nelson Rodrigues eram próximos. A famosa O Beijo no Asfalto foi escrita sob encomenda a pedido da atriz, que queria montar uma peça com o marido Fernando Torres. Depois de meses de insistência, o texto foi escrito em três semanas.

Ficha técnica

Fernanda Montenegro em uma leitura de “Nelson Rodrigues Por Ele Mesmo”.  A partir do livro de Sônia Rodrigues. Pesquisa, Adaptação, Direção e seleção musical de: Fernanda Montenegro. Seleção de Objetos de Cena: Daniel Pinha. Montagem de Trilha: Fábio Santana. Direção Técnica – André Omote. Produção Montagem – Ricardo Rodrigues. Direção de Produção: Carmen Mello. Coprodução: Bonarcado Produções Artísticas. Produção: Trígonos Produções Culturais