Veja os cuidados para comprar pinhão de qualidade

BandNews FM Curitiba


A venda de pinhão está liberada em todo o Paraná e com isso o consumo da semente típica aumenta. Apesar de alguns pensarem que a única forma de comer o pinhão é cozido ou assado, existem dezenas de receitas em que a semente é protagonista. E com toda essa procura e utilização das mais variadas formas é preciso ter cuidado na escolha do produto.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab), Mário Kunio Takashina, o pinhão deve ser consumido somente maduro. Ele explica que a cor e o peso são determinantes para saber se a semente está própria para o consumo. “O ideal é o pinhão que caiu, a pinha se abriu, então ela está completou o ciclo, está cheia”, diz. “Ele já cai com uma cor mais escura”.

Na hora de escolher o produto além de ter uma cor amarronzada, a casca deve ser brilhante e não estar furada. Já no momento do consumo, o engenheiro sugere que pegue um ou mais pinhões, corte-os ao meio e veja se apresentam polpa branca, úmida e, até certo ponto, com maciez característica.

Ele ainda dá uma importante dica para saber quando o pinhão está fresco e próprio para o consumo. “Se você colocar dentro da água, na hora do cozimento, ela não vai boiar. Se você compra pinhão velho, que não foi bem granado, ao colocar na água, ele tende a boiar. A densidade é menor”, explica.

A comercialização da semente está permitida desde esta segunda-feira (1) em todo o Paraná conforme portaria do IAP, Instituto Ambiental do Paraná. Apesar da liberação, a venda de pinhão verde é ilegal, além de imprópria para o consumo humano.

Previous ArticleNext Article
Avatar
em 20 minutos tudo pode mudar