Agronegócio
Compartilhar

Produtores paranaenses enfrentarão inverno com menos geadas

O inverno, que começa no dia 21 de junho e termina só em setembro, deve ter temperaturas mais estáveis e frias, além de ..

Redação - 20 de junho de 2019, 15:16

Foto: Orlando Kissner / ANPr
Foto: Orlando Kissner / ANPr

O inverno, que começa no dia 21 de junho e termina só em setembro, deve ter temperaturas mais estáveis e frias, além de bastante chuva no Paraná. As condições climáticas, neste ano, não são favoráveis para a formação de geada, uma das grandes preocupações dos produtores paranaenses, mas não se descartam as geadas tardias, em setembro.

Segundo a previsão do Simepar, a estação começa ensolarada na maioria das regiões. Neste ano, o fenômeno El Niño deve ser mais fraco, o que deve evitar alterações significativas de temperaturas, como ocorreu no ano passado. Já as chuvas devem ficar cada vez mais intensas ao longo dos meses. O inverno deve intercalar períodos secos e de chuvas volumosas.

Veja a tabela de valores das médias históricas de chuva (faixa de variação), temperatura mínima e temperatura máxima para cada região do Paraná nos meses de julho, agosto e setembro.

Já as geadas não devem ser fortes ou prolongadas. O fenômeno, neste ano, deve ocorrer de forma pontual e em baixa intensidade, especialmente na região Centro-Sul. Quem quiser acompanhar as previsões, pode se cadastrar no serviço Alerta Geada, mantido pelo Simepar e pelo Instituto Agronômico do Paraná.

O Alerta é gratuito e emite previsões com antecedência de 48 e 24 horas. Boletins são divulgados pelo Disque Geada (43) 33914500, nas redes sociais e páginas do Simpear e Iapar.