Adapar divulga regras de programa para apoio à agricultura familiar

Redação

Adapar divulga regras de programa para apoio à agricultura familiar

A Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) divulgou por meio da portaria 081 as regras para participação de agricultores familiares no Susaf-PR (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte no Estado do Paraná).

Os agricultores familiares que participarem do programa terão a possibilidade de vender em todo Paraná produtos industrializados coloniais derivados de carne, leite, pescado, ovos e mel.

Estão enquadrados dentro do Susaf produtos feitos por agricultores familiares, artesanais e de agroindústrias de pequeno porte.

Anteriormente a venda desses produtos fora dos municípios de fabricação exigiam dos agricultores familiares o registro no Serviço de Inspeção Estadual – SIP/POA, o que impedia que muitos dessas profissionais buscassem ampliar essa produção.

“Com o Susaf, o Estado garante apoio aos pequenos produtores, que podem se desenvolver e ampliar a capacidade de comercialização dos produtos, garantindo emprego e renda”, explicou o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento Norberto Ortigara.

COMO OS AGRICULTORES FAMILIARES ENTRAM NO PROJETO?

Todos os interessados devem procurar as prefeituras municipais para realizarem sua entrada no Susaf-PR. É preciso que esses executivos municipais tenham um Serviço de Inspeção Municipal estruturado, com médico veterinário e plataforma digital para a disponibilização dos dados.

Para tirar dúvidas, a Adapar irá realizar uma live em sua conta no Instagram, nesta sexta-feira (8), às 10 horas.

“Os produtos dos estabelecimentos que fizeram adesão ao Susaf serão autorizados a utilizar o selo de identificação em seus rótulos, o que funcionará como indício de qualidade e sanidade perante os consumidores”, explica o diretor-presidente da Adapar, Otamir Cesar Martins.

Previous ArticleNext Article