Adapar inicia coleta em rebanho bovino para conseguir selo livre de febre aftosa

Redação

Adapar inicia coleta em rebanho bovino para conseguir selo livre de febre aftosa

Para cumprir etapa dentro do protocolo do reconhecimento internacional de área livre de febre aftosa, a Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) iniciou nesta segunda-feira (18) coleta de amostras de sangue em cerca de 10 mil bovinos em 330 propriedades rurais do estado.

Essa medida é determinada pela Organização Mundial da Saúde Animal para a garantia do selo livre de febre aftosa e deve durar pelas próximas quatro semanas.

Na sequência, as amostras são analisadas por laboratório certificado pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e devem ser liberadas até o mês de julho.

“Mesmo na pandemia do novo coronavírus, os prazos da OIE não se alteraram. E nós estamos tomando todas as medidas de biossegurança para execução dessa atividade”, explicou o gerente de Saúde Animal da Adapar, Rafael Gonçalves Dias.

Vale lembrar que desde primeiro de maio está sendo realizada a Campanha de Atualização de Rebanhos, que serve como garantia do status sanitário do estado sem a vacinação contra a febre aftosa. Será possível que os pecuaristas façam o cadastro de suas matrizes até o dia 30 de novembro.

A atualização pode ser feita de forma online por meio deste link.

Previous ArticleNext Article