Ceasa Paraná fará 11 licitações para cessão de áreas e serviços

Jordana Martinez


AEN

A Ceasa Paraná inicia na primeira quinzena de dezembro uma série de 11 licitações para cessão de áreas em suas unidades de Curitiba, Maringá e Foz do Iguaçu para controle de pragas urbanas, contratação de apoio administrativo e de serviços advocatícios. Os editais com as descrições podem ser obtidos no site da empresa (http://www.ceasa.pr.gov.br), no ícone ao lado esquerdo da página ‘ Licitações Diversas Ceasa1’.

“Seguimos as orientações do Ministério Público do Paraná, que acompanha os processos de pregões presenciais, além de auxiliar a estipular as regras e prazos destas ações”, diz o diretor-presidente da Ceasa Paraná, Natalino Avance de Souza. De acordo com ele, desde 2008 a empresa vinculada a Secretaria de Agricultura e do Abastecimento promove licitações para todas a obras e também para a cessão de espaços nos mercados das cinco unidades – Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu.

MARINGÁ – Na Ceasa de Maringá serão colocados em licitação sete lotes para dez boxes atacadistas que variam de 32 a 78,8 metros quadrados, com lances iniciais entre R$ 4.474,57 e R$ 22.816,51, dependendo do pavilhão. O pregão presencial acontecerá em 13 de dezembro, às 9h30, no auditório da unidade.

FOZ DO IGUAÇU – Na Ceasa de Foz do Iguaçu estão previstas as licitações de três lotes para cinco boxes e de quatro lotes de áreas de desdobramento de caixarias. A metragem das áreas varia de 105,65 a 156,63 metros quadrados, com lances iniciais entre R$ 11.503,62 a 32.671,00, conforme o pavilhão.

Também serão colocados em licitação quatro áreas de desdobramento de 70 metros cada, com lances iniciais de R$ 2.384,93. O pregão presencial será em 21 de dezembro, às 9h30, no auditório da unidade.

CURITIBA – Na Ceasa de Curitiba haverá licitação para duas lanchonetes construídas junto ao Mercado do Produtor. O contrato de permissão de uso das áreas é de sete anos e seis meses, podendo ser renovado pelo mesmo período. O processo acontecerá em 11 de dezembro, às 9h30, no auditório.

Na área administrativa as licitações serão em 12, 13 e 14 de dezembro para a contratação de mão de obra temporária e de apoio, com 11 vagas, e de serviços advocatícios. Os processos ocorrem sempre às 9h30, na sala de reuniões da sede administrativa da Ceasa, na Avenida Nossa Senhora da Luz, 2143, bairro Jardim Social, em Curitiba.

CONTROLE DE PRAGAS URBANAS – As cinco unidades da Ceasa recebem licitações, também na modalidade pregão presencial, para o controle de pragas urbanas. “Temos mantido o sistema de limpezas diárias em nossos mercados. Porém, é necessário que façamos periodicamente o controle de pragas urbanas nos mercados”, explica o diretor-presidente.

Na unidade de Curitiba os processos acontecem em 11 dezembro na unidade de Curitiba; 13 de dezembro na unidade de Maringá; dia 15 na unidade de Londrina; e em 21 de dezembro na unidade de Foz do Iguaçu. As licitações ocorrem sempre às 14h nos respectivos auditórios das Ceasas. Na unidade de Cascavel a licitação será em 20 de dezembro, às 9h30.

Mais informações sobre as licitações podem ser obtidas também na Comissão Permanente de Licitações da empresa, em horário comercial em Curitiba, pelo telefone (41) 3253-3232 (ramais 209 e 212). Os interessados também podem entrar em contato com as respectivas Gerências de Mercado das Ceasas (Curitiba 41 3348-6690; Londrina, 43 3325-4713 e 3325-4404; Maringá 44 3266-1147; Cascavel 45 3323-6741; Foz do Iguaçu 45 3522-1129.

PAVIMENTAÇÃO – A Ceasa Paraná deve iniciar na segunda quinzena de dezembro a pavimentação asfáltica do lado direito do estacionamento, antes das portarias. Também serão instaladas novas luminárias no pátio, construída uma nova guarita e a implantada uma cerca em gradil metálico. O local de 24,9 mil metros quadrados terá capacidade para 616 vagas.

As homologações das obras aconteceram em 27 de novembro, após a licitação feita em pregão presencial, com a participação de quatro empresas. Para os lotes um, dois e três (pavimentação, novas luminárias e guarita) a empresa vencedora foi a KJPR Pavimentações Eirelliia, que estipulou para essas obras o valor de R$ 918.707,04. Para a colocação da cerca tipo gradil metálico com mourões de concreto, a empresa vencedora foi a Belceras Indústria e Comércio de Arames e Telas, com o valor de R$ 404.705,00.

“Estamos utilizando recursos próprios da Ceasa para esses trabalhos. Atendemos uma antiga solicitação dos produtores e permissionários atacadistas. Desta forma teremos também uma melhor circulação de veículos, que terão ainda mais segurança dentro da unidade”, explica Souza. A previsão é de que todas as obras sejam concluídas em até 150 dias.

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.