Colheita do milho chega a 86% da área plantada no Paraná

Mariana Ohde


A colheita do milho safrinha chegou a 86% da área no Paraná, segundo dados do último boletim do Departamento de Economia Rural (Deral) do dia 21 de agosto. Com todo milho na fase de maturação, 86% está em boas condições. A estimativa de produção para a segunda safra 2016/2017 é de aproximadamente 13,6 milhões de toneladas, contra 13,7 milhões da projeção anterior, divulgada em julho. O valor representa um crescimento de 34% em relação à safra 2015/2016.

Já o trigo, com estimativa de produção de 2,5 milhões de toneladas, está no início da colheita – 2% da área, sendo apenas 50% em boas condições. A cultura tem sido prejudicada no estado, principalmente, pelas secas. No dia 27 de julho, a estimativa de perda do Deral era de 6% na produtividade – as lavouras paranaenses estavam classificadas como 1% perdidas.

A estimativa de 2,5 milhões de produção é menor do que a divulgada anteriormente, em julho, de 2,8 milhões. Os números também são menores do que os registrados na safra 2015/2016 – quando foram cerca de 3,4 milhões de toneladas produzidas.

Outra cultura que também foi prejudicada pela falta de chuvas foi a cevada, que chega a 100% da área plantada com apenas 65% em boas condições, segundo o Deral. A estimativa de produção atual é de 215 mil toneladas, contra 232 mil toneladas previstas no levantamento de julho. Ainda assim, a projeção é maior do que a produção de 2015/2016, quando foram 202 mil toneladas de cevada.

Veja as estimativas de produção do Deral

A colheita do café também avança, chegando a 89% da área com 86% em boas condições. A batata segunda safra chegou a 96% da área colhida com 88% em boas condições.

A soja está 70% comercializada no estado. No início de agosto, o Deral informou que foram colhidas mais de 19,6 milhões de toneladas nesta safra, em uma área de 5,3 milhões de hectares. O volume é cerca de 19% maior do que o colhido na safra anterior – 16,5 milhões de toneladas.

Com uma área praticamente idêntica, o destaque ficou por conta da produtividade. Na safra 2015/16 foram colhidas cerca de 3.133 kg/h quilos por hectare. Nesta safra, foram 3.735 quilos por hectare, um acréscimo de 19%.

O recorde anterior é de 2011, quando foram produzidos cerca de 3.423 quilos por hectare.

Deral

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal