Embrapa avalia clima para as culturas de inverno e de verão

Mariana Ohde


Por Embrapa

O produtor rural pode administrar, com planejamento, todas as etapas do processo de produção de grãos, só não consegue controlar o clima. Para abordar aspectos do clima para as culturas de inverno e de verão e sua influência na agricultura, em 2017, o meteorologista Luiz Renato Lazinski, do Instituto de Meteorologia (INMET), esteve na Embrapa Soja, nesse dia 19 de abril, apresentando informações sobre o tema para um grupo de profissionais da assistência técnica do Paraná.

De acordo com Lazinski, a fase atual é de neutralidade climática, ou seja, sem a influência dos fenômenos El Niño ou La Niña. “O outono deve ser influenciado por essa neutralidade”, explica. Como o clima está mais seco, favorece o desenvolvimento do trigo “Porém, estamos prevendo retorno do El Nino, no segundo semestre, representando chuvas abundantes e bem distribuídas, o que pode prejudicar a colheita de trigo”, diz. Por outro lado, o El Niño, deverá ser vantajoso para a safra de verão no Centro Sul do País. “Geralmente, em ano de El Niño, a safra de verão é boa”, avalia.

Para o meteorologista, a temperatura do outono-inverno deverá ser caracterizada por ondas de calor e de frio, o que poderá provocar quedas bruscas de temperatura no Sul do Brasil. No entanto, as chances de geada são pequenas.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="480988" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]