Brazilian Duck: conheça a marca de exportação da carne de pato do Brasil

Redação

Carne de pato exportação Brazilian Duck

Foi lançada nesta semana pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) a Brazilian Duck, marca internacional de exportação de carne de pato produzida no Brasil. As informações foram divulgadas pela ABPA.

Com a nova marca internacional, as entidades buscam um incremento das exportações do segmento. A carne de pato tem aumentado sua presença na pauta dos embarques de proteína animal nos últimos anos.

A ABPA já trabalha com as marcas Brazilian Chicken, Brazilian Pork, Brazilian Egg e Brazilian Breeders. Esse trabalho servirá de base para a estratégia da nova marca.

Em sua estratégia, a Brazilian Duck fortalecerá valores de marca como credibilidade, sustentabilidade, sofisticação e excelência (para um mercado premium), com foco especial em países da Ásia e Oriente Médio – mercados-alvo do projeto setorial.

 

Oportunidade no mercado de exportação de carne de pato

“Há uma grande oportunidade de ampliação da pauta de exportação com o setor de patos, um nicho avícola de alto valor agregado. Usando a força já estabelecida pela estratégia setorial construída pela ABPA e pela Apex-Brasil, vamos reforçar a boa percepção sobre o produto brasileiro, que agora ganha uma marca setorial alinhada aos valores já entregues pelo segmento no mercado interno e internacional”, diz Ricardo Santin, presidente da ABPA.

De acordo com a ABPA, o Brasil exportou 4 mil toneladas de carne de pato em 2020, volume que superou em 26,55% as vendas registradas pelo setor no ano anterior.
Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Peru, Catar, Kuwait, Japão e Hong Kong estão entre os principais destinos das exportações do segmento, que geraram para o país US$ 10,5 milhões em divisas no ano passado.

A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 140 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões. Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a Apex-Brasil, das quatro marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders e Brazilian Pork. Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção –, fomentando novos negócios para a cadeia exportadora de ovos, de material genético, de carne de frangos e de suínos.

Já a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos da economia brasileira.

Os projetos setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders, Brazilian Pork e Brazilian Duck são mantidos pela ABPA, em parceria com a Apex-Brasil, com o objetivo de promover junto ao mercado internacional as carnes de frango, de suínos, de pato, ovos e material genético produzidos no Brasil.

 

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="784555" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]