Agronegócio
Compartilhar

C.Vale recebe licença para empreendimento que vai gerar 1,5 mil empregos no Paraná

A C.Vale recebeu licença de instalação do IAT (Instituto Água e Terra) para a iniciar as obras de uma esmagadora de soja..

Redação - 30 de maio de 2021, 07:00

A Licença de Instalação da indústria esmagadora de soja foi entregus nesta sexta-feira (28) para a C.Vale, no município de Palotina, no Oeste do Estado. O novo empreendimento vai gerar cerca de 1500 empregos diretos e indiretos durante as obas de construção e 580 postos de trabalho após sua conclusão. - Foto: Imprensa C.Vale
A Licença de Instalação da indústria esmagadora de soja foi entregus nesta sexta-feira (28) para a C.Vale, no município de Palotina, no Oeste do Estado. O novo empreendimento vai gerar cerca de 1500 empregos diretos e indiretos durante as obas de construção e 580 postos de trabalho após sua conclusão. - Foto: Imprensa C.Vale

A C.Vale recebeu licença de instalação do IAT (Instituto Água e Terra) para a iniciar as obras de uma esmagadora de soja em Palotina, região oeste do Paraná.

A expectativa da empresa é que o empreendimento gere 1,5 mil empregos diretos e diretos durante as obras de construção e mais 580 quando estiver em funcionamento.

É uma satisfação liberar uma obra para uma cooperativa que, além de cumprir todos os requisitos de sustentabilidade, entrega um produto saudável e ajuda a cuidar do meio ambiente”, explicou o secretário Márcio Nunes.

A esmagadora de soja irá abastecer em sua maioria os próprios produtores da C.Vale, que conta atualmente com 156 unidades de negócios, mais de 23 mil associados e cerca de 11 mil funcionários, espalhados pelos estados do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, além do Paraguai.

“É o primeiro passo para a realização de um sonho antigo dos nossos associados. Isso nos dá condições de seguir ampliando a produção de peixes, frangos e suínos”, finalizou o presidente da C.Vale, Alfredo Lang.

LEIA MAIS: Sistema Fiep lança projeto inovador para setor do vestuário