Com foco no agronegócio, tecnologia 5G desembarca no Paraná

Redação


A internet 5G deve transformar o campo por meio da tecnologia. Essa é a expectativa do Governo Federal, que nesta quinta-feira (12) realizou testes de conectividade no agronegócio com a instalação de uma antena de transmissão 5G em Londrina, na região Norte do Paraná.

Londrina é a primeira cidade do Sul e a terceira do país a receber uma antena da nova tecnologia. O evento de lançamento e demonstração do potencial do 5G no agronegócio ocorreu na Embrapa Soja, e contou com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria, da ministra Tereza Cristina, da Agricultura, e do governador do estado Ratinho Junior.

O 5G uma conexão de internet móvel mais rápida, ágil e econômica. Com um tempo curto de transmissão de dados, permite o carregamento instantâneo de vídeos em altíssimas resoluções.

Durante o lançamento foram apresentadas várias soluções de conectividade envolvendo a rede 5G, que deve possibilitar aumento de produtividade no campo, eficiência e sustentabilidade, não só para o agronegócio como também para todos os setores produtivos.

“A agricultura saiu da enxada para a tela dos smartphones. O 5G é uma grande transformação, uma verdadeira revolução tecnológica. Para o agronegócio, especificamente, o 5G vai ajudar a elevar a agricultura de precisão que o Paraná já faz, consolidando cada vez mais o Estado como um dos maiores produtores de alimentos do mundo”, disse Ratinho Junior.

A fabricante de redes Nokia, provedora de tecnologia para a operação do 5G, e a Sercomtel, operadora dos serviços de telecomunicações, deram sustentação às demonstrações de conectividade. Entre as demonstrações feitas em Londrina estão inteligência artificial em tratores pulverizadores autônomos e o monitoramento remoto de segurança patrimonial.

Também foi feita uma demonstração da utilização de drones com câmeras de alta resolução para realizar o monitoramento da lavoura de soja, com velocidade e capacidade de transmissão de dados maior por meio da tecnologia 5G.

LEILÃO DA TECNOLOGIA 5G DEVE ACONTECER AINDA EM 2021

Durante o evento de apresentação da tecnologia 5G em Londrina, nesta quinta-feira, o ministro das Comunicações Fábio Faria afirmou que o Tribunal de Contas da União (TCU) vota ainda em agosto o edital do leilão do 5G. Segundo ele, a expectativa é de que até a metade de 2022 todas as capitais do Brasil já tenham essa tecnologia à disposição.

O 5G abre portas para o alavancamento do uso de tecnologias digitais, tanto na agricultura quanto na pecuária, e deve ajudar a fomentar o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em valores monetários, o PIB nacional somou R$ 7,45 trilhões em 2020 e o PIB do agronegócio chegou a quase R$ 2 trilhões.

“O agro já tem crescido muito no Brasil, contribuindo para o aumento do PIB brasileiro e nosso crescimento em relação a outros países. Temos certeza que com o 5G vamos crescer entre 10 e 20% do PIB do agro. Os Ministérios das Comunicações e da Agricultura estão irmanados, porque tudo que vier do agronegócio, virá com 5G com cobertura total”, pontuou o ministro.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="782724" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]