Conheça rotas de turismo rural no Paraná

Redação e AEN


O turismo rural fortalece a economia no campo e conquista cada vez mais viajantes, com opções que vão de lindas paisagens a cavalgadas, opções para quem curte aventura e gastronomia típica.

“Com a grande procura pelo sossego do campo, diversas regiões paranaenses começaram a implantar atividades rurais para atrair turistas e gerar emprego e renda”, diz o diretor técnico da Paraná Turismo, Rafael Andriguetto.

Os roteiros incluem circuitos temáticos, hotéis fazenda, sítios, recantos e uma infinidade de passeios para todos os gostos. Entre as atividades estão caminhadas em meio à natureza, cavalgadas, trilhas, acampamento, banho de rio e cachoeira, pescaria, passeio de charrete ou trator e esportes de aventura.

Conheça algumas opções:

Circuito Italiano

A presença de imigrantes e descendentes italianos é marcante no Paraná. No Circuito Italiano, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, foi criado para preservar toda essa riqueza.

Quem o percorre pode aproveitar atrativos naturais e culturais, vinícolas e restaurantes, e se divertir em parques aquáticos e pesque e pague. Além de comprar produtos da agricultura familiar, da agroindústria e artesanato, os visitantes contam com várias opções de hospedagem e espaços para eventos.

Foto: ANPr

Outras culturas

O município de Medianeira, no Oeste do Paraná, é famoso pelas diversas opções de propriedades rurais para abrigar turistas. São cerca de 24 propriedades prontas para oferecer atrativos tipicamente rurais. Quem deseja viver uma experiência no campo pode apreciar aspectos culturais, a gastronomia e produtos das agroindústrias familiares.

O circuito Polônes-Ucraniano, em Malet, no Centro-Sul, permite contato com a cultura dos imigrantes europeus que colonizaram a região. Ele agrega o conhecimento e os costumes dos colonizadores, áreas de lazer e produtos gastronômicos.

O roteiro reúne em torno de 50 pontos turísticos, como igrejas polonesas e ucranianas, cachoeiras, grutas, sítios, lojinhas de artesanato e cantinas. Há ainda uma unidade do Chalé do Produtor onde os agricultores da região comercializam seus produtos.

Outros atrativos são a festa do Kiwi, famosa pelos bailes e shows, e a do Colono, que reúne os fãs de rodeio. Em ambas, as delícias típicas das cozinhas do Velho Mundo são os grandes destaques.

São Luiz do Purunã

Muitas pessoas procuram São Luiz do Purunã para fugir do agito da cidade – o distrito do município de Balsa Nova fica a apenas 51 quilômetros de Curitiba. A região tem sido destaque no desenvolvimento do turismo rural com várias opções de hospedagens e atividades diferenciadas para praticar em campo. Com forte presença da cultura gaúcha, o local promove rodeios, tiro de laços, bailes sociais e acampamentos campeiros.

Há também cavalgadas, cicloturismo, rapel e escalada, trilhas e caminhadas. Outra opção é conhecer belas propriedades que abrigam restaurantes dedicados à culinária camperia e a famosa costela de fogo de chão.

Foto: ANPr

Em Ribeirão Claro e Carlópolis, no Norte Pioneiro, os visitantes aproveitam o cenário da Represa de Chavantes. Os aventureiros podem praticar canoagem, rafting, trekking, voo livre e paraglider. As atrações incluem ainda passeios náuticos, cavalgadas, cachoeiras e belas fontes de água mineral.

Roteiro Doce Iguassu

A região dos Vales do Iguassu, no Sudoeste do Estado, é famosa pelo clima frio, agroindústrias, belas paisagens e pela venda de produtos orgânicos. O Rio Iguaçu com suas hidrelétricas e o início do Parque Nacional do Iguaçu, em Capanema, também atraem os turistas.

Além das visitas a propriedades rurais que produzem mel, uva, abacaxi, mandioca e grãos, entre outros produtos, o roteiro têm passeios de barco, de carro de boi e pesca esportiva. O visitante também pode conhecer as agroindústrias familiares e alambiques.

A presença da cultura indígena no município de Mangueirinha, imensos lagos artificias e fontes de água mineral e termal completam a diversão. A produção de vinhos e queijos também faz sucesso, principalmente em Mariópolis e Salgado Filho.

A grande surpresa da região está na Cratera de Impacto de Vista Alegre, em Coronel Vivida, causada por um asteroide há cerca de 150 milhões de anos, com aproximadamente 9,5 quilômetros quadrados de diâmetro e recém-descoberta por pesquisadores.

Foto: ANPr

Viaje Paraná

Desenvolvido pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura e pela É-Paraná, o Portal Viaje Paraná foi criado para concentrar todas as informações turísticas das cidades paranaenses que fazem parte do Mapa do Turismo Brasileiro.

O site tem dicas e roteiros de viagem para 123 municípios e a intenção é disponibilizar, até o final do ano, informações sobre os 283 destinos com potencial turístico no Estado.

A plataforma é atualizada diariamente com dicas de passeios, hospedagem e gastronomia das cidades, além de trazer fotos e vídeos dos locais que podem ser visitados.

Há opções para todos os gostos e bolsos, do turismo religioso a destinos para famílias e casais, além de alternativas de aventura, natureza e praia. Possui ainda páginas exclusivas sobre o Litoral e o Estado, com informações gerais sobre lugares mais visitados e dicas.

Desenvolvido pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura, É-Paraná e Celepar, o portal oferece também um calendário com as principais festas e atrações das cidades paranaenses nos destinos turísticos.

Outro diferencial é a possibilidade de verificar a quilometragem de um ponto a outro por meio da calculadora de distâncias, o que permite programar melhor o roteiro desejado. A página está disponível em português e já conta com 70 destinos traduzidos para o inglês. O acesso pode ser via computador, tablet ou celular.

Previous ArticleNext Article