Cooperativas do MST começam captação no mercado financeiro nesta terça-feira

Camila Mattoso - Folhapress e Redação

Cooperativas MST captação

Sete cooperativas integrantes de assentamentos da Reforma Agrária Popular, ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), começam nesta terça-feira (27) o processo de captação de recursos no mercado de capitais para o financiamento da produção.

A ideia é captar R$ 17,5 milhões por meio da emissão de certificados de recebíveis do agronegócio (CRA), instrumento utilizado nos últimos anos por grandes produtores e companhias do setor para financiar a produção.

Segundo o MST, desde que a operação foi anunciada mais de 7 mil pessoas aguardam mais informações sobre os investimentos na produção de alimentos saudáveis de áreas de assentamentos.

Os investidores poderão fazer a reserva dos papéis desta terça-feira (27) até 13 de agosto. Os organizadores da iniciativa participarão de um evento virtual com o economista Eduardo Moreira às 20h. Para acompanhá-la é necessário se cadastrar no site www.finapop.com.br.

As sete cooperativas estão localizadas nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul e produzem leite, milho, arroz, soja, açúcar mascavo e suco de uva.

Os títulos serão comercializados pela corretora Terra Investimentos, com o valor de R$ 100 cada e uma remuneração pré-fixada de 5,5% ao ano.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="778675" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]