Agronegócio
Compartilhar

Expoingá gera expectativa de bons negócios no agro paranaense

A 48ª edição da Expoingá deve atrair mais de 500 mil pessoas; evento visa conectar as pessoas ao novo agro: moderno, cooperativista, profissionalizado

Redação - 05 de maio de 2022, 08:09

Foto: IDR-Paraná
Foto: IDR-Paraná

A Expoingá (Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Maringá) volta a ser realizada a partir desta quinta-feira (5), em Maringá, no Norte do estado, depois de dois anos de interrupção pela pandemia de Covid-19. O evento é considerado um dos principais do país no gênero e gera expectativa de bons negócios ao agronegócio paranaense.

Até o dia 15, a 48ª edição da Expoingá deve atrair mais de 500 mil pessoas ao Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro e um volume de R$ 600 milhões em negócios. A organização tem como objetivo conectar as pessoas ao novo agro: moderno, cooperativista, profissionalizado.

O setor faz uso do desenvolvimento tecnológico, da biotecnologia, de pesquisas e inovações científicas para crescer, levando o Brasil a ser o quarto maior exportador mundial de produtos agropecuários, a partir da evolução dos últimos anos na produção.

De acordo com a presidente da Sociedade Rural de Maringá, Maria Iraclézia de Araújo, o agronegócio brasileiro vive um momento sem precedentes, batendo recordes de produtividade graças ao uso das avançadas tecnologias disponibilizadas no mercado. “Vamos mostrar o quanto o agronegócio se transformou, por meio do manejo responsável dos recursos econômicos, ambientais e sociais”, destaca.

PROGRAMAÇÃO DA 48ª EXPOINGÁ

A programação dos 11 dias de evento prevê a realização de 50 eventos técnicos, entre palestras, seminários, debates, oficinas e cursos. Entre os assuntos a serem tratados, estão desde os modais de exportação do Porto de Paranaguá, compartilhamento de energia, novos processos produtivos, turismo rural à participação e contribuição que as mulheres dão ao setor.

Ao todo, mais de 1.300 expositores dos segmentos da indústria, comércio, serviço, pecuária, gastronomia, entretenimento e lazer participam da Expoingá.

O entretenimento estará garantido com oito noites de shows com artistas do circuito nacional, rodeio e a apresentação de artistas regionais. A estrutura montada também conta com um parque de diversão, exposição de pequenos animais e a presença da mais nova atração: o Museu do Agronegócio.

A abertura da 48ª Expoingá acontece às 19h30 com a celebração de uma missa, presidida pelo arcebispo Metropolitano, Dom Frei Severino Clasen, seguida por uma apresentação do Padre Reginaldo Manzotti.

A programação completa pode ser conferida no site do evento.