Exportações de ovos mais que dobram de janeiro a maio

Redação

exportações de ovos de janeiro a maio

Um levantamento divulgado esta semana pela ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal ) mostra que as exportações de ovos (in natura e processados) totalizaram 5,108 mil toneladas entre janeiro e maio deste ano. O volume é 143,4% superior ao exportado no mesmo período de 2020, quando foram embarcadas 2,099 mil toneladas. As informações são da assessoria de imprensa da ABPA.

O levantamento mostra que em receita, as vendas no ano chegaram a US$ 7,008 milhões, saldo 150,3% maior que o obtido no mesmo período de 2020, com US$ 2,8 milhões.

Apenas no mês de maio foram exportadas 470 toneladas de ovos em 2021, número 42% superior ao quinto mês do ano passado, com 331 toneladas. No mesmo período, a receita das vendas chegou a US$ 797 mil este ano, número 50,1% superior ao registrado no quinto mês de 2020, com US$ 531 mil.

Os maiores clientes de ovos brasileiros

Segundo a ABPA, os Emirados Árabes Unidos seguem como principal destino das exportações do setor. Entre janeiro e maio, o país  importou 3,750 mil toneladas, número 335,5% superior às 861 toneladas importadas no mesmo período de 2020. Outros destaques foram o Japão, com a importação de 178,8 toneladas nos cinco primeiros meses deste ano (+57,8%); e o Uruguai, com 157,5 toneladas no mesmo período (+2%).

“As vendas internacionais de ovos seguem impulsionadas pela retomada dos níveis de consumo do mercado dos Emirados Árabes Unidos, gerando divisas em um momento importante para as empresas do segmento, frente à forte elevação dos custos de produção no mercado internacional, com a alta do milho e do farelo de soja”, disse o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Associação representa avicultura e suinocultura

A ABPA é a representação político-institucional da avicultura e da suinocultura do Brasil. Congrega mais de 140 empresas e entidades dos vários elos da avicultura e da suinocultura do Brasil, responsáveis por uma pauta exportadora superior a US$ 8 bilhões.

Sob a tutela da ABPA está a gestão, em parceria com a Apex-Brasil, das quatro marcas setoriais das exportações brasileiras de aves, ovos e suínos: Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Breeders e Brazilian Pork. Por meio de suas marcas setoriais, a ABPA promove ações especiais em mercados-alvo e divulga os diferenciais dos produtos avícolas e suinícolas do Brasil – como a qualidade, o status sanitário e a sustentabilidade da produção –, fomentando novos negócios para a cadeia exportadora de ovos, de material genético, de carne de frangos e de suínos.

Leia também: Inscrições do Programa de Residência Técnica em Economia Rural estão abertas

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="771998" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]