Feira em Castro promove intercâmbio de experiências sobre pecuária leiteira

FAEP


O estímulo para a busca de conhecimento para que a pecuária de leite se desenvolva cada vez mais marcou a edição deste ano da Agroleite, em Castro (Campos Gerais). O fio condutor de toda a programação, que conta também com seminários, palestras, julgamentos de bovinos e ovinos, foi “Tempos modernos”. “Este é um evento de intercooperação. No nosso negócio, um elo sozinho não é ninguém. Organizamos esse espaço para que todos possam compartilhar e somar de modo a nos tornarmos cada vez  mais competitivos na cadeia global”, enfatiza Frans Borg, presidente da Castrolanda, organizadora da feira.

Para Borg, a qualificação e busca pela excelência são diferenciais entre os produtores de Castro e isso ajuda a entender o motivo de o município ter se consolidado como líder nacional de produção de leite no Brasil. “Temos que nos profissionalizar cada vez mais e percebo que isso vem acontecendo ao longo dos anos. No dia a dia, nem sempre todo produtor tem acesso ao que há de mais avançado no nosso negócio. Mas em momentos de troca como esse, ele consegue ter uma visão para onde a cadeia está indo”, diz.

Leia a matéria completa.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="481562" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]