Ministério da Agricultura define Zarc do milho safrinha no Paraná

FAEP


A Portaria n° 214, de 20 de outubro de 2017, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), publicada no Diário Oficial da União no dia 23, aprova o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) dos municípios aptos ao plantio de milho safrinha no Paraná na safra 2017/18 e os períodos com menor risco para a cultura.

O Zarc é um instrumento para auxiliar a gestão de riscos na agricultura. O objetivo é minimizar os riscos relacionados aos fenômenos climáticos adversos, possibilitando ao produtor identificar o melhor período de semeadura das lavouras, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares.

Seguir as recomendações do Zarc é obrigatório aos produtores que contratam o Seguro Rural e/ou Proagro. Muitos agentes financeiros solicitam que os agricultores respeitem as indicações do zoneamento agrícola na tomada de crédito rural, podendo perde o direito às indenizações. Além disso, no seguro rural, caso o produtor não siga essas recomendações, perde o direito à subvenção do prêmio.

Em função da nova metodologia adotada na safra passada pela Embrapa, responsável pelo estudo, a estratificação do risco climático é dividida em três níveis: 20%, 30% e 40%. A metodologia anterior considerava que o melhor período de plantio era com ocorrência de 20% de risco de perda significativa da safra e 80% de sucesso. Na nova metodologia, além do percentual de 20%, o menor nível de risco apurado, foi acrescentado os níveis de maior risco para o resultado da produção, de 30% e de 40%.

É recomendável aos produtores que planejem a safra nos períodos de plantio com risco menor, 20%, por duas razões: muitas seguradoras não têm aceitado a contratação de seguro rural com riscos nas faixas de maior risco (30% e 40%), além do fato que a boa prática agrícola é caracterizada por decisões que mitiguem ao máximo os riscos climáticos. Neste caso, os melhores períodos de plantio com menores perdas de produção têm indicação de risco de 20%.

Veja o ZARC no site do Mapa

Veja a íntegra do ZARC de milho 2ª safra:

Previous ArticleNext Article