Calend√°rio da soja combate a ferrugem asi√°tica

A portaria 193/2015 da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) proíbe planta viva de soja no solo, inclusive n..

FAEP - 10 de maio de 2017, 10:05

©Milton Dória &#124 Fotografia 2015 - (43) 8403 7054
©Milton Dória &#124 Fotografia 2015 - (43) 8403 7054

A portaria 193/2015 da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) proíbe planta viva de soja no solo, inclusive na beira de estradas, a partir de 15 de maio. De forma complementar, a Portaria 109/2015, da mesma entidade, obriga o chamado Vazio Sanitário, período de 90 dias, entre 15 de junho e 15 de setembro, com ausência total de plantas vivas de soja nos campos do estado.

AN√öNCIO

As medidas buscam combater a ferrugem asi√°tica, doen√ßa causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, presente em todas as regi√Ķes produtoras do pa√≠s. A doen√ßa gera a desfolha precoce da planta, prejudicando a forma√ß√£o e enchimento dos gr√£os, o que impacta na produtividade. De acordo com dados do Cons√≥rcio Antiferrugem, coordenado pela Embrapa, a ferrugem asi√°tica gera perdas superiores a R$ 6 bilh√Ķes por safra no Brasil.

‚ÄúA ferrugem asi√°tica se hospeda nas plantas de soja. Eliminando esse hospedeiro nos per√≠odos indicados pelas portarias, reduzimos de forma significativa √† ocorr√™ncia da doen√ßa no ver√£o‚ÄĚ, aponta o engenheiro agr√īnomo Fernando Aggio, do DTE da FAEP.

Leia a matéria completa no Boletim Informativo.