SENAR-PR libera R$ 1,9 mi para projetos de conservação

FAEP


Os 35 projetos aprovados – sete megaparcelas e 28 subprojetos – em chamada pública realizada pela Fundação Araucária, parceira no Programa Integrado de Conservação de Solo e Água do Paraná (Prosolo), começaram oficialmente a rodar por todo o Estado. No dia 16 de novembro, o SENAR-PR liberou a primeira parcela de R$ 1,93 milhão, de um total de R$ 6 milhões, para que os técnicos e especialistas selecionados comecem a desenvolver estudos para a retomada de técnicas conservacionistas de água e solo. Outros R$ 6 milhões serão repassados pela Fundação Araucária.

“O SENAR-PR está apoiando este trabalho por ser uma demanda dos produtores rurais paranaenses. Temos a necessidade de realizar novas pesquisas e, posteriormente, partilhar e aplicar os resultados na formulação de novos cursos de capacitação em recuperação de solos”, explica o presidente do Conselho Administrativo da entidade, Ágide Meneguette.

O pacote de projetos é bastante diversificado, permitindo, no futuro um rico acervo de informações. Inclusive, a proposta é reunir os dados finais das pesquisas para publicação de um livro. “Nosso objetivo é reunir os dados de todas as regiões, para gerar um modelo para servir de base para os futuros projetos. Queremos, ao término dos trabalhos, elaborar a bíblia, o manual paranaense de conservação de solo e água”, ressalta Cleverson Vitorio Andreoli, consultor do SENAR-PR.

Confira detalhes dos projetos aprovados aqui.

Previous ArticleNext Article