Agronegócio
Compartilhar

Floricultura cresce 29% em um ano no Paraná, aponta Deral

Apesar da pequena participação dentro do forte setor agropecuário do Paraná, a floricultura tem se destacado como uma im..

Redação - 21 de agosto de 2020, 16:24

Arquivo/AEN
Arquivo/AEN

Apesar da pequena participação dentro do forte setor agropecuário do Paraná, a floricultura tem se destacado como uma importante fonte de diversificação da economia rural.

Em 2019, a cultura foi responsável por 0,17% do VBP (Valor Bruto da Produção) paranaense. Foram mais de R$ 170 milhões movimentados.

Presente em 108 município, a floricultura é a principal atividade para cerca de 900 agricultores. Em um ano, a renda bruta gerada pela floricultura aumentou 29,2% no Paraná.

Os dados foram destacados no boletim semanal do Deral (Departamento de Economia Rural), vinculado à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná.

Conforme o boletim, os gramados e as plantas perenes ornamentais representam 77,1% do VBP do segmento.

Dentre os produtos da floricultura propriamente dita, o destaque é para a produção de orquídeas, crisântemos e roseiras, que participam com mais de 15% da produção.

Outras 32 espécies são cultivadas no Paraná.