Floricultura cresce 29% em um ano no Paraná, aponta Deral

Redação

flores, floricultura, paraná, vbp, deral, departamento de economia rural, boletim conjultural, agro, agronegócio, agricultura, agropecuária

Apesar da pequena participação dentro do forte setor agropecuário do Paraná, a floricultura tem se destacado como uma importante fonte de diversificação da economia rural.

Em 2019, a cultura foi responsável por 0,17% do VBP (Valor Bruto da Produção) paranaense. Foram mais de R$ 170 milhões movimentados.

Presente em 108 município, a floricultura é a principal atividade para cerca de 900 agricultores. Em um ano, a renda bruta gerada pela floricultura aumentou 29,2% no Paraná.

Os dados foram destacados no boletim semanal do Deral (Departamento de Economia Rural), vinculado à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná.

Conforme o boletim, os gramados e as plantas perenes ornamentais representam 77,1% do VBP do segmento.

Dentre os produtos da floricultura propriamente dita, o destaque é para a produção de orquídeas, crisântemos e roseiras, que participam com mais de 15% da produção.

Outras 32 espécies são cultivadas no Paraná.

Previous ArticleNext Article