Após o curso Herdeiros do Campo, jovens dão início às suas próprias lavouras

FAEP


A sucessão familiar rural é uma das grandes preocupações da classe produtora. Preparar as novas gerações para que possam assumir o comando da propriedade quando a idade chegar e faltarem forças para o trabalho não é tarefa simples. Mas quanto antes começar, mais tranquilo será o processo.

Para facilitar esta transição, o SENAR-PR criou o curso Herdeiros do Campo, que tem como objetivo preparar produtores e herdeiros para planejarem, juntos, a sucessão familiar. Com duração de 42 horas, distribuídas ao longo de cinco encontros, o curso se apoia no tripé: Propriedade, Família e Empresa. Condição obrigatória para participar do programa é que duas gerações façam o curso juntas (pai e filha, mãe e filho, sogro e genro, etc.).

Em algumas situações a mudança de comportamento acontece logo após a conclusão do último encontro. Foi o que aconteceu com uma turma do Herdeiros do Campo realizada em Prudentópolis, na região Sudeste, em parceria com a empresa Souza Cruz. Motivados pelo programa, os filhos dos fumicultores já fizeram pedidos individuais de mudas para a empresa para iniciarem seus próprios negócios.

Um deles foi o jovem Bruno Willian Pontarolo, de 18 anos, que já solicitou à empresa 25 mil mudas de tabaco em seu nome para começar a própria lavoura. “O curso trouxe bastante informação, como a importância do diálogo, do planejamento. Gostei muito”, avalia.

Leia a matéria completa no Boletim Informativo.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="545835" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]