Cafés do Paraná são premiados em três concursos

FAEP

Os cafeicultores José Eduardo Correa Ferraz, de Ribeirão Claro, e Valdeir Luiz de Souza, de Ivaiporã, venceram a 16ª edição do Prêmio Café Qualidade Paraná, concorrendo com grãos preparados no processo natural e cereja descascado. Nas mesmas categorias, mas disputando com microlotes, venceram os produtores Márcio Rosa Fávaro, de Pinhalão, e Valdir Constantino, de São Jerônimo da Serra. Os finalistas foram anunciados nesta quarta-feira (31), em solenidade realizada no município de Pinhalão, no Norte Pioneiro do Estado.

O Prêmio Café Qualidade Paraná 2018 envolveu as regiões de Apucarana, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Ivaiporã, Londrina, Maringá, Santo Antônio da Platina e Toledo. Para chegar à final, os vencedores superaram 320 competidores, que iniciaram o certame em seletivas nas várias zonas produtoras do Paraná.

Os lotes classificados nas fases regionais seguiram para a disputa de âmbito estadual. Aroma, doçura, acidez, corpo, sabor, gosto remanescente e balanço da bebida são os quesitos avaliados, conforme metodologia SCAA (Associação Americana de Cafés Especiais) em busca dos melhores cafés do Paraná em cada categoria.

O Prêmio Café Qualidade Paraná é uma realização da Câmara Setorial do Café do Paraná, Seab, Iapar, Emater-PR, Associação dos Engenheiros Agrônomos de Londrina e Prefeitura de Pinhalão, com patrocínio da Sicredi, Faep/Senar, Bratac, Ocepar, Sebrae, Cooperativa Integrada, BRDE e, ainda, o apoio da Cocari, Cocamar, Copacol, Associação Brasileira da Indústria do Café (Abic) e Sociedade Rural do Paraná (SRP).


Confira a classificação completa do concurso:

Natural

1º José Eduardo Correa Ferraz – Ribeirão Claro

2º Evilásio Shigueaki Mori – Cambira

3º Edson Lopes – Mandaguari

4º Flávia Jacob Saldanha Rodrigues – Jacarezinho

5º José Roberto Rocco – Mandaguari

Natural (microlote)

1º Márcio Rosa Fávaro – Ivaiporã

2º Bruna da Silva Souza Rosa – Tomazina

3º Gilberto Silva Bengose – Mandaguari

4º Marcelo Galdino dos Santos – Cambira

5º Lisiane Aparecida Veiga do Prado Ravar – Ivaiporã

Cereja descascado

1º Valdeir Luiz de Souza – Pinhalão

2º Guilherme Henrique Fiorucci – Cambira

3º Luiz Roberto Saldanha Rodrigues – Jacarezinho

4º Claudemir Alves de Souza – Pinhalão

5º Samuel Bartolomeu Fiorucci – Cambira

Cereja descascado (microlote)

1º Valdir Constantino – São Jerônimo da Serra

2º Juarez Colatino Barros – São Jerônimo da Serra

3º Maristela Fátima Silva Souza – Tomazina

4º Leandro Cesar Soares – São Jerônimo da Serra

5º Sandra Aparecida de Freitas Godói – Tomazina

8° Encontro Nacional IWCA Brasil

Durante a Semana Internacional do Café foi realizado o 8° Encontro Nacional, com a participação de mais de mil mulheres da cadeia do agronegócio café, entre produtoras, baristas e técnicas. Ainda, durante o evento, foi realizada a premiação do concurso Florada Premiada, promovido pela Café 3 Corações, com a participação de 640 produtoras residentes nos estados brasileiros produtores de café. Duas produtoras paranaenses foram premiadas: Maristela de Fátima da Silva, de Tomazina, e Silvana Ferraz, de Ribeirão Claro.

Concurso NossoCafé Yara

O Concurso NossoCafé Yara foi criado com o objetivo de incentivar e promover a produção nacional de cafés de alta qualidade – adequados ao mercado de cafés especiais – obtidos com o uso do Programa Nutricional da Yara. Na edição 2018, produtores paranaenses se destacaram na premiação em ambas as categorias (natural e cereja descascado).

Na categoria natural, os produtores Fernando Roberto Rossetto, Wilson Lopes e Edson Lopes, de Mandaguari, levaram, respectivamente, o 2°, 4° e 6° lugares no concurso. Na categoria Cereja Descascado, Ricardo Batista dos Santos, de Congonhinhas, ficou com a terceira colocação.

Post anteriorPróximo post
Comentários de Facebook