Paraná é líder na produção de peixes cultivados no país

Vinicius Cordeiro e Assessoria


O Paraná amplia a liderança da produção de peixes cultivados do país, chamada de piscicultura, com resultados extremamente positivos. Segundo levantamento do Anuário Peixe BR da Piscicultura 2019, realizado pela Associação Brasileira da Piscicultura, o estado produziu 129.900 toneladas em 2018 com destaque para a Tilápia, que atingiu 123.000 t.

“Ano após ano o Paraná destaca-se na piscicultura nacional, tendo em 2018 atingido o crescimento de 16% em relação a 2017 (112.000 t). Diversos são os motivos da expansão, mas os grandes investimentos feitos, especialmente pelas agroindústrias, foram essenciais para esse desempenho”, afirma Francisco Medeiros, presidente executivo da Peixe BR.

>>> Expoingá abre 600 vagas de trabalho temporário na feira de 2019

Medeiros destaca também que o sistema de integração das cooperativas do Paraná tem demonstrado ser um dos mais eficientes modelos de produção de tilápia em viveiros escavados, proporcionando competitividade para o pequeno produtor integrado. “O oeste do estado segue sendo o grande destaque”, diz o dirigente.

As expectativas para 2019 são otimistas, em decorrência da maturação de projetos em andamento no estado, aumento do portfólio das cooperativas e consequente elevação do consumo interno de peixes de cultivo, especialmente a tilápia. “A desburocratização e a facilidade para obtenção de licenciamento ambiental pelos produtores são pontos centrais da expansão da piscicultura não somente no Paraná, mas em todos os demais estados. Maior profissionalização e tecnologia eficiente também são pontos-chave para o sucesso da atividade”, analisa o presidente da Peixe BR.

Produção nacional – O Brasil produziu 722.560 mil toneladas de peixes de cultivo em 2018. Esse resultado é 4,5% superior a 2017 (691.700 t). A tilápia é a mais importante espécie: com crescimento de 11,9% em relação a 2017, atingindo 400.280 toneladas em 2018 (55,4% da produção brasileira de peixes de cultivo). Esse resultado coloca o Brasil entre os quatro maiores produtores de tilápia do mundo, atrás de China, Indonésia e Egito, e à frente de Filipinas e Tailândia. Ainda segundo o Anuário da Peixe BR, a categoria de peixes nativos – liderada pelo tambaqui – representou em 2018 cerca de 39,84% (287.910 toneladas) da produção total.

Previous ArticleNext Article