Paraná deve quebrar recorde na movimentação de carga nos portos

Redação

Paraná deve quebrar recorde na movimentação de carga nos portos

Os portos do Paraná movimentaram nos dez primeiros de 2020 o equivalente a 92% das cargas do ano passado, se aproximando assim de quebrar o recorde histórico de 53 milhões de toneladas.

Ao todo foram movimentadas nos portos de Paranaguá e Antonina 48.982.453 toneladas de carga, registrando alta de 10% em comparação aos dez primeiros de 2019.

“Faltam 4,2 milhões de toneladas para chegar ao número do ano passado e estamos muito otimista. Em 2019, os dois últimos meses do ano responderam por, aproximadamente, 8,5 milhões de toneladas. Claro que existem questões climáticas, que podem impactar nas operações, mas a expectativa é ultrapassar este número em cerca de 8%”, explicou o diretor presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

Outro número que demonstra o crescimento é que em seis meses a movimentação das cargas ficou acima das 5 milhões de toneladas, enquanto em 2019, apenas três meses obtiveram a marca.

Cerca de 65% dessas movimentações foram em produtos exportados – 38,1 milhões de toneladas de cargas, número 13% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.

Dentre os produtos, os granéis sólidos seguem como líderes nas movimentações. Foram quase 32,5 milhões de toneladas de grãos, movimentadas entre de janeiro e outubro de 2020, alta de 10% na comparação com 2019.

O grão mais movimentado foi a soja, que acumula em 2020, 14 milhões de toneladas exportadas, número 50% superior as 9,6 milhões de toneladas registradas no ano passado.

LEIA MAIS: Paraná abre novas 21 mil empresas no mês de outubro

Previous ArticleNext Article