Paraná tem nove municípios com VBP acima de R$ 1 bilhão

Redação

Paraná tem nove municípios com VBP acima de R$ 1 bilhão

A Secretaria da Agricultura e do Abastecimento divulgou os números finais do VBP (Valor Bruto da Produção Agropecuária) de 2019 e nove municípios do Paraná passaram da casa de R$ 1 bilhão de faturamento.

Esse número equivale a um recorde no agronegócio do Paraná, sendo que no ano passado apenas quatro municípios haviam conseguido atingir essa marca.

O VBP corresponde ao faturamento bruto dos produtores com cerca de 350 produtos agropecuários.

Conseguiram atingir as marcas os municípios de Toledo (R$2,69 bilhões), Castro (R$ 1,72 bilhão), Cascavel (R$ 1,67 bilhão), Guarapuava (R$ 1,28 bilhão), Marechal Cândido Rondon (R$ 1,16 bilhão), Santa Helena (R$ 1,08 bilhão), Dois Vizinhos (R$ 1,05 bilhão), Assis Chateaubriand (R$ 1,05 bilhão) e Palotina (R$ 1,04 bilhão).

Ao todo o Paraná conseguiu registrar um faturamento de R$ 98,08 bilhões em 2019, número 9% superior ao registrado em 2018 (R$ 89,78 bilhões).

“Pela primeira vez, a pecuária liderou o VBP, representando metade do total, com um acréscimo de aproximadamente R$ 8,3 bilhões sobre o faturamento de 2018. A revisão do número de abates revelou um rendimento ainda maior dessa atividade”, analisou a técnica do Deral (Departamento de Economia Rural), Larissa Nahirny.

Após a pecuária, aparecem os grãos e grandes culturas (39%), seguido das hortaliças (5%), produtos florestais (4%) e frutas (2%) na ordem dos produtos do VBP paranaense.

“O câmbio valorizado do dólar beneficiou os exportadores. Cerca de 21% das proteínas animais que o Paraná exportou em 2019 tiveram a China como destino”, continuou Nahirny.

Já a análise regional aponta que o Centro-Sul foi quem mais cresceu em faturamento no ano passado, saltando 14% e registrando (R$ 6,5 bilhões). Na sequência aparecem a Região Metropolitana de Curitiba (alta de 12% e R$ 5,64 bilhões de faturamento) e a Região Oeste (também alta de 12% e R$ 22,77 bilhões de faturamento).

O prognóstico para o VBP 2020 aponta quebra de recorde com R$ 114,55 bilhões de faturamento, puxada por 96% de comercialização da safra de soja 2019/2020.

“De modo geral, as expectativas para o VBP de 2020 são excelentes, já que a safra 2019/2020 bateu recorde na produção de soja e tivemos um bom escoamento da produção de proteína animal para o mercado internacional”, finalizou o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara..

LEIA MAIS: Plantio de soja no Paraná atinge apenas 16% da área e safrinha do milho fica em risco

Previous ArticleNext Article