Operação apreende uma tonelada de carne bovina que seria vendida no Paraná

Mariana Ohde


Por BandNews Curitiba

Uma operação da Polícia Civil, chamada Sinal Fraco, apreendeu, nesta terça-feira (26), uma tonelada de carne bovina, sem origem, em um caminhão frigorífico. A ação, com o objetivo de coibir a falsificação de selos públicos e produtos adquiridos de forma ilícita, foi realizada pela a Delegacia de Estelionato de Curitiba, com o apoio de agentes de Foz do Iguaçu.

De acordo com a polícia, a carne de origem clandestina seria comercializada em mercados de Curitiba e outras cidades do Paraná. Ao todo, 21 mandados de busca e apreensão foram cumpridas em residências, barracões e empresas investigadas nos municípios de Cascavel e Foz do Iguaçu.

Nove pessoas também foram encaminhadas até a delegacia para prestar esclarecimentos, mas ninguém foi preso. De acordo com a polícia, as investigações começaram há três meses. O nome da operação, Sinal Fraco, tem relação com a apuração de falsificações de sinal público em produtos de origem suspeita.

Além da tonelada de carne e do caminhão, apreendidos em Foz do Iguaçu, os policiais também apreenderam mais de 100 quilos de carne bovina armazenados em um freezer de uma residência.

As investigações apuraram que o produto seria destinado para a fabricação de hambúrguer. Segundo a polícia, as carnes eram impróprias para consumo humano, mas seriam comercializadas de forma ilegal, sem inspeções sanitárias, em restaurantes e açougues de Curitiba e Foz do Iguaçu. As apreensões foram encaminhadas para análise na Vigilância Sanitária.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal