Abatedouro clandestino é fechado em Medianeira

Mariana Ohde


A Adapar, Vigilância Sanitária Municipal e Polícia Ambiental fecharam um abatedouro clandestino em Medianeira no último final de semana. Os órgãos receberam a denúncia de que, em uma propriedade rural, estava sendo realizado o abate de suínos e venda de carne in natura para o comércio local.

Em uma ação de fiscalização, os agentes flagraram o abate ocorrendo em um ambiente sem condições de higiene, com a presença de animais domésticos e entulhos. Nenhuma condição de bem estar animal, abate humanitário, inspeção e questões ambientais era executada. Também foi encontrado um estoque de couros bovinos. Além do risco para a saúde, foram constatados prejuízos ambientais e fiscais.

O proprietário do estabelecimento foi autuado e encaminhado para delegacia. Foram lavrados dois boletins de ocorrências por crimes contra o meio ambiente – um por uso de madeiras nativas e outro por contaminação de lençol freático devido a poluição causada.

A denúncia, segundo o Adapar, foi resultado de ações realizadas pelo Conselho de Sanidade Agropecuária (CSA) de Medianeira, que realizou palestras com integrantes da agroindústria familiar local há alguns meses. O objetivo era orientar os produtores sobre procedimentos de legalização do comércio de produtos de origem animal e de boas práticas de produção.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal