Agronegócio
Compartilhar

Milhares de frangos morrem em granja no Paraná após falta de luz

Uma queda de energia causou a morte de ao menos 4,5 mil frangos em uma granja de Ampére, região sudoeste do Paraná.

Do UOL - 27 de janeiro de 2022, 23:01

Jonathan Campos/AEN
Jonathan Campos/AEN

Uma queda de energia causou a morte de ao menos 4,5 mil frangos na última segunda-feira (24), em uma granja de Ampére, região sudoeste do Paraná.

A queda de energia provocou o desligamento do sistema de refrigeração da granja, o que elevou a temperatura e provocou a morte dos frangos.

Segundo informações do Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), a temperatura no município era de 34ºC na última segunda-feira.

A filha do proprietário da granja, Thuany Salla, apontou que a Copel (Companhia Paranaense de Energia) foi acionada logo após a queda de energia, mas demorou quase quatro horas para reabastecer o serviço.

Thuany ainda apontou que ela e o irmão tentaram diminuir a temperatura da granja, molhou as aves, mas não conseguiram salvar grande parte do plantel.

A proprietária da granja ainda apontou que quedas de energia não são atípicas na região e que já houve outras ocorrências de problemas na produção de frangos na granja.

Os frangos mortos já estavam em fase final de maturação e estavam prestes a serem enviados para uma distribuidora em um lote de 25 mil aves.

A Copel divulgou nota em que nega o retorno da energia apenas quatro horas após a queda e afirma que às 14h30 já havia eletricidade na propriedade, algo negado pelos proprietários.

A justificativa da empresa pela queda de energia foi um temporal que atingiu a região, causando grandes estragos na rede elétrica.

LEIA MAIS: Carnaval é cancelado nos sete municípios do Litoral do Paraná