Plantio de soja e milho avança no Paraná, mesmo com chuvas irregulares

Redação

Plantio de soja e milho avança no Paraná, mesmo com chuvas irregulares

Mesmo com as chuvas irregulares no Paraná, o plantio da soja e do milho conseguiu avançar pela primeira vez desde o início do ciclo desta safra no mês de agosto.

Segundo o boletim semanal do Deral (Departamento de Economia Rural), órgão vinculado a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, o plantio da soja cresceu 16% em uma semana, passando de 16% para 32% da área total na última semana.

A expectativa é que o Paraná cultive a soja em 5,54 milhões de hectares, sendo que até o momento cerca de 1,8 milhão de hectares foram semeados.

Como comparação, no mesmo período do ano passado haviam sido semeados em torno de 2,4 milhões de hectares.

O principal déficit na semeadura da soja segue na Região Oeste do Paraná, principal núcleo produtor da oleaginosa no estado. Nesta safra, Cascavel e Toledo semearam juntas 485 mil hectares do grão, enquanto no ano passado somente Cascavel já havia plantado 380 mil hectares nesse mesmo período.

Já os produtores da Região Sudoeste apresentam bons índices na semeadura até o momento. Somente em Pato Branco, os sojicultores conseguiram plantar 260 mil hectares contra 215 mil hectares da safra passada.

O Deral aponta que mesmo com o atraso os produtores seguem confiantes na manutenção das previsões de plantios e produtividade, apontando que as chuvas (mesmo irregulares) devem cair nos momentos certos.

O plantio da primeira safra de milho chegou a marca de 86% da área estimada em 360 mil hectares, sendo que em 83% das lavouras a semeadura está estável.

O milho primeira safra do Paraná se concentra na região de Ponta Grossa, responsável por 19% de todo o cultivo do estado. Na sequência aparecem as regionais de Guarapuava e Curitiba.

O produtor de milho segue contando com bons preços, com a saca de 60 kg negociada em torno de R$ 56,00, registrando mais uma semana de alta nos valores.

O boletim completo com os prognósticos de outras culturas está disponível neste link.

LEIA MAIS: Governo altera selo que permite reduzir contribuições para biodiesel

Previous ArticleNext Article