Rajadas de vento chegam a 102 km/h no Oeste do Paraná

Mariana Ohde


A frente fria que avança pelo Paraná nesta quinta-feira (19) está provocando chuvas e vendavais em todo o Estado. Pela manhã, rajadas de vento chegaram a 100 km/h em Santa Helena e a 102 km/h em Marechal Cândido Rondon, na região Oeste. Em Curitiba, os ventos chegaram a 70 km/h no início da tarde, derrubando galhos e árvores em diversos bairros da capital.

O boletim divulgado pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil às 9h desta sexta-feira (20) mostra que os temporais e vendavais afetaram 815 pessoas em nove municípios.

Em Pato Branco, no Sudoeste, 78 casas foram danificadas pelas rajadas de vento, afetando 390 pessoas. Em Ponta Grossa, foram 100 pessoas afetadas.

Duas pessoas estão desalojadas e 75 foram afetadas pelos vendavais em Matelândia, no Oeste, onde dez casas foram danificadas.

Os outros municípios atingidos foram Céu Azul, Mercedes, Pato Bragado, Ponta Grossa, Santa Izabel do Oeste, Toledo e Vera Cruz do Oeste.

Curitiba

Antes mesmo da chuva forte, logo após às 14h, fortes ventos que atingiram até 72 km/h, de acordo como Simepar, começaram a derrubar árvores e até mesmo outdoors na capital. Ao todo, foram 60 solicitações por quedas de árvores e galhos atendidas pela prefeitura e Corpo de Bombeiros.

Várias árvores acabaram no meio das ruas e atrapalharam o trânsito. Na Vicente Machado uma araucária tombou e bloqueou a via perto da esquina com a Desembargador Costa Carvalho até o fim da tarde.

Outras árvores também caíram na região, como na Carmelo Rangel, no Batel, e na Angelo Sampaio, já próximo a Av. Água Verde. Também houve 14 destelhamentos, sendo um em condomínio na CIC e dois em escolas municipais (Pilarzinho e Colombo, no Bairro Alto), além de avarias em outras sete unidades, que foram isoladas para o levantamento da situação e reparos necessários.

Além disso, 37 semáforos ficaram desligados ou em alerta. Segundo a Copel, mais de 21 mil domicílios ficaram sem energia elétrica por volta das 15h, principalmente nas regionais Matriz, Portão, CIC e Boqueirão.

Às 17h, 15 mil deles ainda estavam sem luz, mas no início da noite a maioria dos casos estava solucionada. Já a chuva em si foi moderada, entre 14h30 e 15h30, variou de 5mm a 8mm dependendo do local

Alerta

O volume de chuvas também foi alto e atingiu 38 milímetros no município de Toledo, no Oeste. O Simepar mantém o alerta meteorológico para esta tarde, especialmente no Centro, Norte, Campos Gerais e na Região Metropolitana de Curitiba.

A previsão do Instituto é que os temporais continuem até o domingo (22). Na segunda-feira (23) as chuvas cessam, mas as temperaturas caem. A previsão é de mínimas de 5ºC em Guarapuava, 8ºC em Cascavel e 10°C em Foz do Iguaçu. Em Curitiba, as temperaturas devem variar de 12°C e 20ºC no início da próxima semana.

“O padrão de bastante instabilidade continua com chance de tempestade entre sábado e domingo”, diz o meteorologista Samuel Braun.

“Como a temperatura não ficará muito alta, o risco de temporal diminui bastante”, explica. A maior chance de temporal é no sábado à tarde e à noite, porém com mais chuva e menos vento que ontem, de acordo com o meteorologista. “Não dá para descartar ventos fortes, mas devem ser menos intensos”.

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="6588" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]