Indígenas e acampados recebem 2,8 mil cestas de alimentos

Mariana Ohde


A partir desta quarta-feira (25), acampados que aguardam reforma agrária e comunidades indígenas em situação de insegurança alimentar em Santa Catarina e no Paraná serão beneficiados com a doação de cestas de alimentos pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Os produtos foram adquiridos com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).Cada cesta contém 2 kg de farinha de farinha de trigo, 10 kg de arroz, 4 kg de feijão, 1 kg de leite em pó, 1 litro de óleo, 1 kg de macarrão.

Serão distribuídos 7,6 mil quilos de alimentos a 400 famílias acampadas. Ao todo, serão beneficiados 14 acampamentos  nos municípios de Abelardo Luz, Águas Mornas, Araquari, Mafra, Canoinhas, Celso Ramos, Doutor Pedrinho, Fraiburgo, Monte Castelo, Passos Maia, Santa Cecília e Zortea. A entrega das cestas ficará a cargo do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

Já as comunidades indígenas irão receber 2,4 mil cestas  – uma por família -, com um total de 45,6 mil quilos de alimentos. A entrega será feita pela Fundação Nacional do Índio (Funai) e serão beneficiados indígenas nos municípios catarinenses de São Francisco do Sul, Palhoça, Canelinha, Major Gercino, Biguaçu   Araquari, Imarui,  Balneário Barra do Sul, Garuva,  José Boiteux, Vitor Meirelles, Ibirama, Chapecó, Seara, Abelardo Luz e Ipuaçu. Também serão contempladas comunidades estabelecidas no Paraná, nas cidades de Clevelâdcia, Vitorino  e Paranaguá, e atendidas pela Coordenação da Funai em Santa Catarina.

A doação de cestas é uma ação governamental realizada pela Conab com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), que visa garantir alimentação a grupos populacionais específicos em situação de vulnerabilidade social. São beneficiários famílias acampadas que aguardam inclusão no Programa Nacional de Reforma Agrária, comunidades indígenas, quilombolas e de terreiros, pessoas atingidas por barragens e pescadores artesanais.

Previous ArticleNext Article
Mariana Ohde
Repórter no Paraná Portal