Puxado pelo Agro, PIB do Paraná cresce 2,9%, o dobro do Brasil

Jordana Martinez

agronegócio colheita de trigo

Redação com AEN

A economia do Paraná cresceu 2,9% no terceiro trimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado. Com a evolução, o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado alcançou R$ 101,675 bilhões. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (12) pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes).

O crescimento do PIB do Paraná foi mais do que o dobro do Brasil, que cresceu 1,4%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado do ano, a economia do Paraná registra alta de 2,1%, contra 0,6% do Brasil.

O resultado do Paraná foi influenciado por performances positivas em todos os setores. No terceiro trimestre, na comparação com igual período do ano passado, a agropecuária cresceu 11,1%, a indústria 2,5%, os serviços 2,1% e a geração de impostos 3,1%.

Campo e Indústria puxam alta

No campo, o destaque do terceiro trimestre foi a safra de inverno, com o crescimento da colheita de milho. No setor industrial, a expansão de 2,5% foi favorecida pela indústria de transformação, na qual se destacam a produção de máquinas e equipamentos (14,8%) e veículos automotores (11,4%). O período também foi marcado pelo resultado positivo da construção civil, após vários trimestres no negativo nesse comparativo.

No trimestre, houve recuperação de vendas no comércio, em que sobressaiu a comercialização de combustíveis, de equipamentos e materiais para escritório, informática e comunicação. Também foram registrados crescimentos da área de transportes, armazenagem e correios, e de serviços prestados às famílias.

As contribuições negativas ficaram por conta da produção de energia elétrica, afetada pela redução dos níveis dos reservatórios, com relação à observada em 2016. Ao mesmo tempo, serviços de informação e comunicação impediram melhor desempenho no setor de serviços.

ACUMULADOS

A safra recorde, de 41 milhões de toneladas de grãos, e a expansão da indústria de transformação em todos os trimestres do ano, além da recuperação do setor de serviços, contribuíram para o desempenho no acumulado de janeiro a setembro de 2017. A agropecuária cresceu 11% no período, a indústria (1,3%), os serviços (1,4%) e a geração de impostos (1,6%).

No acumulado de quatro trimestres, a economia do Paraná cresceu 1,5%, acumulando um PIB de R$ 412,784 bilhões. O valor corresponde a 6,4% do PIB nacional. Em termos setoriais, o Paraná responde por 11,8% da agropecuária do País, enquanto a indústria e os serviços são responsáveis por 7,6% e 5,7%, respectivamente.

Previous ArticleNext Article
Jordana Martinez
Profissional multimídia com passagens pela Tv Band Curitiba, RPC, Rede Massa, RicTv, rádio CBNCuritiba e BandNewsCuritiba. Hoje é editora-chefe do Paraná Portal.