Porto de Paranaguá bate recorde e embarca 103 mil toneladas de soja em graneleiro

Redação

porto de paranaguá, recorde, navio, embarcação, pacific south, exportação, farelo de soja

O Porto de Paranaguá recebeu nesta semana o maior graneleiro da história do terminal. O navio Pacific South atracou no litoral do Paraná para ser carregado com 103 mil toneladas de farelo de soja.

A embarcação tem 292 metros de comprimento e 45 metros de boca (largura). Os números fazem dessa operação a maior da história do Porto de Paranaguá, batendo os recordes do Corredor de Exportação.

“Tanto o volume, quanto o tamanho do navio, que vamos operar atestam a nossa capacidade operacional. Uma ação desse porte exige trabalhadores portuários qualificados, praticagem experiente e capacidade de infraestrutura, terrestre e marítima”, diz o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

A embarcação atracou no final da tarde de segunda-feira (08). De bandeira das Ilhas Marshall, o navio Pacif South veio do porto de Xangai, na China. A embarcação chegou na Baía de Paranaguá no dia 1º de junho.

As 103 mil toneladas de farelo de soja serão carregadas a partir de três terminais. Cerca de 84 mil toneladas sairão da Coamo; 15 mil da Cotriguaçu; e quatro mil toneladas dos silos públicos (horizontais).

O farelo de soja será desembarcado no Porto de Amsterdã, na Holanda. De acordo com a empresa responsável pela operação, se as condições do tempo ajudarem a viagem deve levar cerca de cinco dias.

Conforme estimativas do Porto de Paranaguá, o carregamento de 103 mil toneladas supera em 13 mil toneladas o recorde anterior, registrado há pouco mais de um ano. O volume total é suficiente para carregar 3.400 caminhões.

Em média, os navios que atracam no Porto de Paranaguá têm entra 200 e 230 metros de comprimento. As cargas de soja, milho ou farelo costumam ser de 60 mil toneladas.

Previous ArticleNext Article