Porto de Paranaguá tem alta de 10% na movimentação de grãos em 2020

Redação

porto de paranaguá soja

Com quase 13 milhões de toneladas, o Porto de Paranaguá registrou alta na exportação de grãos e farelos de janeiro a julho de 2020. O valor é 10% maior em relação ao movimentado nos mesmos meses do ano passado.

O produto principal segue sendo a soja, com cerca de 12,5 milhões de toneladas, ou seja, mais de 97% das exportações do complexo. Contudo, o milho também volta a aparecer com certo destaque.

“O milho, historicamente, é movimentado de forma mais intensa no segundo semestre. Esperamos seguir com as boas negociações, tanto pela alta demanda do mercado internacional, quanto pela boa safra e câmbio positivo para as exportações”, diz o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

O próximo navio com o grão está previsto para atracar no Corredor de exportação do Porto de Paranaguá no próximo dia 11. O navio Achile deve carregar 60 mil toneladas do produto.

Outros sete navios já estão programados ou são esperados ainda este mês, totalizando um volume de pouco mais de 432 mil toneladas de milho. Até setembro, os operadores do complexo esperam movimentar mais de um milhão de toneladas do grão.

PARANÁ DEVE COLHER MAIS DE 11 MILHÕES DE TONELADAS DE MILHO

O Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, aponta que o Paraná deve colher cerca de 11,5 milhões de toneladas de milho nesta segunda safra.

“A estiagem, apesar de histórica, teve seu impacto mitigado por um investimento maior dos produtores em tecnologia, e isso contribuiu para uma perda menor no campo”, divulgou o departamento no último boletim conjuntural.

Até agora, a colheita totaliza cerca de 26% da área plantada, de 2,3 milhões de hectare. Segundo os especialistas, o mercado do milho aqueceu e a comercialização já chega a mais de 40% da produção esperada, enquanto que o percentual era 28% no mês passado.

Previous ArticleNext Article