Produção de carne bate recordes no Paraná em 2020

Redação

agronegócio, proteína animal, carne, cárneos, proteína, frango, suíno, gado, paraná, seab, faep

Apesar da crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus, a produção de carne bateu recordes no Paraná. O ano de 2020 foi marcado por números positivos de produção e exportação na cadeia de carnes e proteínas de origem animal.

As projeções da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento e os dados já consolidados indicam que foi o melhor ano da história nas indústrias do setor. Além disso, houve salto no volume de exportações, com quase 2 milhões de toneladas comercializadas com outros países.

Esse movimento foi impulsionado pelo crescimento orgânico das cooperativas e agroindústrias, mesmo diante das incertezas da pandemia, e da demanda no mercado interno, turbinado pelo auxílio emergencial, e no mercado externo, com a Peste Suína Africana.

Conforme a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, os resultados de 2020 indicam que o Paraná se firma, cada vez mais, como maior produtor de frangos, segundo em suínos, ovos e no mercado leiteiro e entre os dez principais produtores de carne bovina, além de um dos maiores exportadores do País.

O balanço dos números consolidados foi feito pela Secretaria da Agricultura e pela Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná).

“O Paraná é um celeiro de grãos, se mantém forte no mercado de carnes e valoriza a agricultura familiar. O ano foi desafiador em diversos segmentos, mas o agronegócio mais uma vez respondeu com aumento de produção, qualidade sanitária e tecnologia, o que garantiu a segurança alimentar da nossa população e de boa parte do mundo”, disse o governador Ratinho Junior.

Ele destacou que as perspectivas são ainda mais otimistas para 2021 com o reconhecimento, pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), de zona livre de febre aftosa sem vacinação, previsto para maio. O selo facilitará a abertura de novos mercados internacionais, impulsionando o setor produtivo interno.

O governador também citou a consolidação do Descomplica Rural. Apenas em 2020 foram emitidas 20.021 licenças ambientais, crescimento de 13,5% em relação a 2019.

*Com informações da Seab

Previous ArticleNext Article