Projeto de fruticultura expõe variedades exóticas

Redação

Frutos exóticos como laranja variegada, limão faustrine e lima-da-pérsia são cultivadas por meio de um projeto de pesquisa do Grupo de Estudos em Fruticultura Tropical e Subtropical da Universidade Estadual de Londrina (Gefruts), que existe desde 2016. O grupo realiza atividades de pesquisa e assessoria com pequenos fruticultores da região e conta com uma unidade didática na Via Rural Fazendinha.

A professora Camilla Pacheco, do Centro de Ciências Agrárias da UEL, coordenadora do grupo, ressalta a importância da difusão do conhecimento junto aos visitantes da Via Rural. “É a hora de mostrar os projetos que existem dentro da Fazendo Escola, o que é estudado na universidade e repassar o conhecimento e os benefícios que são gerados para os produtores de fruticultura regional e para a cidade”, diz.

Segundo Camilla, as mudas das frutas exóticas, que integram as pesquisas da UEL, foram trazidas da cidade paulista de Cordeirópolis, principal polo citrícola do país.

A Via Rural é um programa do Governo do Estado do Paraná, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), e Sociedade Rural do Paraná (SRP). A coordenação e a realização das atividades são do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Previous ArticleNext Article