Proprietário rural é multado por expor rebanho a “doença da vaca louca”

Francielly Azevedo


Um produtor rural foi multado em R$ 4 mil por expor o rebanho ao risco da “doença da vaca louca”, em Rolândia, no norte do Paraná. O homem foi autuado pela fiscalização sanitário em 2015. Na última sexta-feira (24), o Ministério Público do Paraná firmou um termo de ajustamento de conduta com o suspeito.

Segundo apurado em inquérito civil, o produtor permitiu que bovinos tivessem acesso à alimentação de subprodutos de origem animal, o que é proibido por normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A ação expôs o rebanho ao risco de transmissão de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), a “doença da vaca louca”, e oito animais tiveram que ser abatidos.

Para compensar os danos ambientais decorrentes do abate evitável dos animais, o proprietário se comprometeu a pagar multa de R$ 4 mil, que será destinado ao Fundo Municipal de Meio Ambiente de Rolândia. O não pagamento sujeitará o criador ao pagamento de multa pecuniária de R$ 500 por dia de atraso.

**Com informações do MPPR**

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.