Safra de grãos deve fechar 2020 com alta de 2,3%, diz IBGE

Redação

safra, grãos, ibge, estimativa, 2020, economia

O IBGE estima uma alta de 2,3% na safra de grãos cereais, leguminosas e oleaginosas em 2020. São esperados 247 milhões de toneladas — 5,5 milhões a mais do que foi registrado em 2019.

Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a área colhida deve ser de 64,5 milhões de hectares. Ou seja, 2% acima da área de 2019 e 0,2% acima da previsão de março.

Entre as principais lavouras de grãos do país, na comparação com 2019, são esperados aumentos de 6,7% na produção de soja (que deverá fechar o ano em 121 milhões de toneladas) e de 3,5% no arroz (10,6 milhões de toneladas). Estimam-se ainda altas de 5,9% na produção de sorgo e de 19,4% na produção de trigo.

Por outro lado, são esperadas quedas de 3,4% na produção do milho (97,1 milhões de toneladas) e de 2% no algodão herbáceo (6,8 milhões de toneladas). Também deve ter queda o feijão (-1,9%).

SAFRA: OUTROS PRODUTOS

Além dos grãos, o IBGE também faz estimativa para outros produtos importantes na matriz agrícola brasileira, como a cana-de-açúcar, que deve fechar o ano com produção de 670,6 milhões de toneladas (alta de 0,5% em relação a 2020) e o café, que deve ter produção de 3,46 milhões de toneladas (alta de 15,5%). Outros produtos com previsão de alta são laranja (4,4%) e uva (0,4%).

Por outro lado, são esperadas quedas na produção de banana (-3,8%), batata-inglesa (-2,1%), mandioca (-1,1%) e tomate (-4,8%).

*Com informações da Agência Brasil

Previous ArticleNext Article