Agronegócio
Compartilhar

Sem alimento por causa da greve, galinha pode pôr ovo sem casca

A privação de alimentos provocada pela interrupção da entrega de ração devido ao bloqueio das rodovias durante a greve d..

Folhapress - 31 de maio de 2018, 19:29

Foto: FAEP
Foto: FAEP

A privação de alimentos provocada pela interrupção da entrega de ração devido ao bloqueio das rodovias durante a greve dos caminhoneiros pode fazer com que aves criadas para corte tenham sua produção de ovo alterada. Durante os dez dias de bloqueio de estradas, cerca de 70 milhões de aves morreram de inanição ou canibalismo.

As que sobreviveram podem agora passar a pôr ovos moles, sem casca. De acordo com a Associação Brasileira dos Criadores de Aves, o fenômeno acontece quando faltam nutrientes na alimentação como o cálcio para compor a casca que protege o ovo.

"Não é exclusividade dos grandes produtores. Se você tiver uma galinha no quintal de casa, e ela não receber alimentação ou receber alimentação inadequada, ela vai pôr ovos sem casca", diz Maria Virgínia Franco da Silva, da Associação Brasileira dos Criadores de Aves. Ela cria em São Paulo, há 40 anos, aves de raças puras, a chamada avicultura ornamental, que reúne criadores de aves raras ou de raça em sítios.

Quando os nutrientes em falta são supridos, os ovos da galinha afetada voltam a ter as mesmas características anteriores. De acordo com a Abpa (Associação Brasileira de Proteína Animal), as empresas do setor retomaram suas atividades de criação de aves, ovos e suínos pelo país. Com a ação de forças policiais e militares, grande parte do abastecimento de ração foi retomado na última quarta (30).