FAEP defende manutenção dos recursos para o Sebrae

O presidente da FAEP, Ágide Meneguette, encaminhou neste mês um ofício ao presidente Michel Temer se posicionando contrá..

FAEP - 23 de fevereiro de 2017, 18:02

O presidente da FAEP, Ágide Meneguette, encaminhou neste mês um ofício ao presidente Michel Temer se posicionando contrário a possibilidade de redução de recursos do Sebrae. De acordo com o Conselho Estadual da entidade, uma Medida Provisória (MP) estaria sendo editada prevendo a criação de uma agência de promoção internacional do turismo. E, para isso, parte do orçamento do Sistema Sebrae seria destinada para essa finalidade.

ANÚNCIO

“Caso isso ocorra, a MP irá na contramão da situação das pequenas e microempresas, que têm registrado taxas altas de mortalidade em razão da crise econômica. Mais do que nunca, essas empresas precisam do apoio do Sebrae, que já registra queda na arrecadação por conta da recessão”, ressalta Ágide.

Ainda de acordo com o Sebrae, confirmando a redução dos recursos, o trabalho de fomento de atividades envolvendo empreendedorismo e a competitividade empresarial serão comprometidas. Para piorar a situação, isso poderá ocorrer num momento no qual o número de pequenos negócios aumenta significativamente, como alternativa para parte dos 12 milhões de desempregados atualmente no país.

Turismo

ANÚNCIO

No Paraná, o Sebrae já tem um histórico de apoio ao turismo. Há 20 anos, a entidade desenvolve projetos na área, permitindo que empresários possam participar. Ainda a instituição mantém parceria com órgãos oficiais, como a Secretaria de Turismo do Paraná, para a execução das políticas públicas envolvendo a atividade.

Um viés que o Sebrae mais trabalha é o chamado turismo de negócios e eventos, por meio do projeto Paraná MICE (Meeting, Incentive, Congress and Exhibitions), criado há três anos. Somente em 2015, segundo dados do Paraná Turismo, 15 milhões de turistas circularam pelo Estado por conta do programa.

Outro projeto criado pelo Sebrae, no mesmo ano, é o Selo de Qualidade do Turismo. A iniciativa tem como estratégia estimular o Paraná como um destino de férias e lazer.