Avatar

CBN Curitiba

aposentadoria - ex-governador do Paraná - STF

STF anula aposentadoria de ex-governadores do Paraná

Por decisão unânime do STF (Supremo Tribunal Federal), anunciada nesta quinta-feira (5), os ex-governadores do Paraná não têm mais direito a aposentadoria vitalícia. Desde 2011, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) questionava este tipo de pagamento, que também beneficiava viúvas de governantes estaduais.

Durante a votação, a ministra Rosa Weber lembrou que a Constituição Federal não prevê estes repasses, que eram garantidos pela Constituição Estadual. Já o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que, se fosse escolher uma categoria merecedora de pensão vitalícia, optaria por pessoas que trabalham em condições insalubres.

Nove ex-governadores e três viúvas recebem atualmente R$ 30.471,11 de aposentadoria. A medida do STF não exige a devolução do que foi pago.

pc recupera porsche roubado estacionamento curitiba

Polícia recupera Porsche roubado em estacionamento de Curitiba

A Polícia Civil do Paraná recuperou um Porshe Panamera que havia sido roubado de um estacionamento, na manhã da última quinta-feira (21), na rua Mateus Leme, em Curitiba.

O funcionário do estacionamento foi rendido por três suspeitos, que exigiram a chave e fugiram levando o automóvel.

O carro, avaliado em cerca de R$ 300 mil, foi encontrado em uma rua do bairro Ahú, na Capital.

Segundo a Polícia, as investigações continuam para identificar os autores do roubo.

Informações sobre os suspeitos poderão ser dadas em forma anônima pelo canal de denúncias da PCPR via WhatsApp, no número 41 99131-1188.

fogos, artificio, vereadores, curitiba, proibição

Proibição de fogos de artifício com tiro será votada na Câmara Municipal

Os vereadores de Curitiba votam na próxima terça-feira (26), o projeto de lei que proíbe na cidade os fogos de artifício de alto impacto, que são aqueles que causam explosão e, consequentemente, perturbação sonora. De acordo texto, de autoria da vereadora Fabiane Rosa (DC), a proibição será válida para todo o município, em eventos abertos ou fechados, públicos ou privados.

Na justificativa, a vereadora destaca que a medida visa a proteção dos animais e de pessoas com sensibilidade auditiva, como os idosos e os autistas, além de evitar acidentes e mutilações. Um dos dados apresentados pela parlamentar é um levantamento da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, que aponta que 10% dos acidentes com fogos resultam em perda de algum dos membros superiores.

Os fogos de artifício com estampido já foram proibidos em várias capitais brasileiras, como São Paulo, Vitória, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre. Aqui em Curitiba, o projeto tramita na Câmara Municipal desde janeiro de 2017 e já foi debatido com a comunidade em audiências públicas.

Na Assembleia Legislativa do Paraná, um projeto semelhante foi protocolado recentemente e pretende proibir os fogos com estampido em todo o estado.

2ª fase do vestibular 2018/2019

Vestibular da UFPR: confira horário de abertura e fechamento dos portões

A Universidade Federal do Paraná aplica neste domingo (24) e na segunda-feira (25) as provas da segunda fase do vestibular 2019/2020. Foram convocados para esta etapa 12.464 candidatos. As provas serão aplicadas em Curitiba, Palotina, Matinhos, Toledo e Jandaia do Sul.

Nos dois dias, os portões dos locais de prova serão abertos às 12h40 e fechados às 13h30. As provas começam às 14 horas. Todos os horários seguirão o horário oficial de Brasília. É importante que os candidatos confiram com antecedência e imprimam o comprovante de ensalamento, disponível no site do Núcleo de Concursos desde a última quarta-feira.

No domingo, todos os candidatos farão a prova de Compreensão e Produção de Textos, que consiste em três questões discursivas.

Na segunda-feira (25) serão aplicadas as provas específicas de Biologia, Física, Química, Matemática, Geografia, História, Sociologia e Filosofia, sendo até duas provas por candidato, dependendo do curso. Essas provas serão compostas de sete questões discursivas.

Também na segunda-feira será aplicada a prova de Habilidade Específica para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Design Gráfico e de Design de Produto e Música licenciatura e bacharelado (com horários específicos, conforme consta no edital do vestibular.

Recursos e resultado

A partir de 12h00min do dia 16 de dezembro, até as 11h59min do dia 18 de dezembro, o Núcleo de Concursos da UFPR disponibilizará em seu site vistas das questões discursivas e das provas específicas com as respectivas correções. Esse será também o prazo para recursos.

A data provável para divulgação do resultado final do vestibular 2019/2020 é 15 de janeiro de 2020. Todos os resultados serão divulgados no site do Núcleo de Concursos da UFPR e no aplicativo + UFPR.

Editais e informações oficiais sobre o vestibular devem ser consultadas no site do NC

Da Redação com Assessoria de Comunicação

Palacete Wolf no Centro Histórico de Curitiba - trânsito

Prefeitura quer abertura de crédito para a reforma do Palacete Wolf

Protocolada na Câmara Municipal de Curitiba (CMC) no início do mês, mensagem do prefeito Rafael Greca solicita o aval dos vereadores para a abertura de crédito adicional especial de R$ 2.278.000.

Segundo a proposição, serão destinados R$ 485.000 para obras no Palacete Wolf, sede do Instituto Municipal de Turismo (IMT), e R$ 1.793.000 ao Fundo Municipal da Saúde, para a desapropriação do terreno de 900 m2 onde funciona a Unidade Básica de Saúde (UBS) Bacacheri.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, a cobertura e o telhado do Palacete Wolf, localizado no bairro São Francisco, precisam de “reparos e de manutenção”, para “evitar prejuízos aos funcionários e danos à estrutura do prédio, o qual é Patrimônio Histórico de Curitiba”.

No caso do montante para o Palacete Wolf, deve ser feito um remanejamento da própria verba do IMT. Para a desapropriação do imóvel da UBS Bacacheri, o dinheiro sairia do orçamento da Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Protocolada no dia 5 de novembro, a abertura de crédito adicional especial recebeu a instrução da Procuradoria Jurídica. Por se tratar de lei orçamentária, o trâmite no Legislativo é diferenciado: os projetos são admitidos pela Comissão de Economia e depois seguem para o plenário, quando são incluídos na ordem do dia por três sessões consecutivas para recebimento de emendas.

Concluída essa consulta aos parlamentares, a matéria retorna a Economia, para parecer definitivo sobre o tema, e só então é submetida ao plenário.

Paraná Banco, ADBV, TOp de Marketing, premio, grand prix

Paraná Banco é o grande vencedor do Top de Marketing

O Paraná Banco foi o grande vencedor do Prêmio Top de Marketing 2019. Considerado o Oscar do mercado, ele é promovido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Paraná (ADVB/PR).

A instituição financeira venceu na categoria “Serviços” com o case “Nossa Marca é um Sorriso”. Foi apresentada também a estratégia de lançamento das marcas “PB Consignado” e “Paraná Banco Investimentos”.

GRAND PRIX

Além de ser o vencedor da categoria, o Paraná Banco conquistou também o Grand Prix, que é o primeiro lugar geral de todas as categorias inscritas: Comunicação, Indústria, Serviços, Varejo, Startup e PME e Social.

A principal premiação do setor no Estado foi na noite da última quarta-feira (13), no pequeno auditório do Teatro Positivo, com apresentação dos humoristas Marcos Veras e Samantha Schmütz e do grupo de dança Dance & Concept, do coreógrafo Otávio Nassur – tudo embalado pelo som da DJ Stella Faccenda.

SOBRE ADBV/PR

Há 53 anos, a ADVB/PR atua para o desenvolvimento da atividade empresarial do Estado, valorizando os profissionais e empresas por meio do intercâmbio de conhecimento, experiências e ideias entre associados e profissionais de expressão nacional e internacional.

Com a promoção de ações e atividades realizadas em parceira com a iniciativa privada, visando à atualização, qualificação e aperfeiçoamento dos profissionais das áreas de Marketing, Vendas, Comunicação e Gestão Empresarial, a ADVB/PR contribui com centenas de empresas e instituições paranaenses na busca por “mais eficiência, qualidade e competência.

Além do Top de Marketing, Estrela ADVB e do Prêmio Personalidade, a entidade “realiza outros eventos, como o Papo ADVB e Business Connect, e cursos para fomentar o mercado.

Pesquisa indica elevação de 3% na recuperação de crédito em outubro

O indicador de recuperação de crédito, obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da pesquisa da Boa Vista Serviços, exclusivamente para a Associação Comercial do Paraná, registrou avanço de 3% em outubro, em relação ao mês de setembro.

Na comparação com outubro de 2018, houve aumento de 2,9%. No ano, porém, o indicador acumula queda de 3,9%. Em dados regionais, o acumulado do ano apresenta alta apenas na região Norte (1,2%). Em sentido oposto, na região Sul foi registrada a maior redução (-8,7%), seguida do Centro-Oeste (-4%), Sudeste (-3,2%) e Nordeste (-3,2%).

Na comparação mensal, contudo, apenas a região Sul (-1,5%) registrou queda em outubro. Na comparação interanual (outubro de 2019 comparado a outubro de 2018), Centro Oeste (-2,8%), Nordeste (-4,3%) e Norte (-2,1%) apresentaram queda da recuperação, enquanto Sul (4,2%) e Sudeste (7,3%) apresentaram altas significativas.

Se, por um lado, o indicador de registros de inadimplência vem apresentando queda em 12 meses, sugerindo que boa parte dos consumidores ainda estão conseguindo manter em dia o pagamento de novas dívidas, em contrapartida, o indicador de recuperação também segue em queda nesta base de comparação (-3,4% em outubro), sinalizando dificuldade dos consumidores com dívidas em atraso de reequilibrarem a sua situação financeira e saírem do cadastro de inadimplentes.

Entre os principais fatores por trás desta dificuldade, é possível apontar os elevados níveis de desocupação e subutilização da mão de obra e o fraco crescimento da renda.

Na comparação mensal, por sua vez, o indicador de recuperação continua oscilante. Após alta em julho, o indicador recuou em agosto, mas voltou a subir em setembro e outubro. Esse quadro pode ter tido melhorias no mês, em razão do resgate dos recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, em grande parte utilizados pelos consumidores para o pagamento de dívidas atrasadas.

De acordo com pesquisa da Boa Vista/ACP, 56% dos que fariam o saque do FGTS utilizariam o dinheiro para pagar as contas, sendo que 42% iriam pagar as atrasadas e 14% as contas que estavam em dia. Favorece também o aumento da recuperação, a redução das taxas de juros, que abre oportunidades aos consumidores para renegociação das dívidas atrasadas.

trânsito curitiba multas infrações

Eventos bloqueiam ruas de Curitiba; fique atento ao trânsito

O trânsito pode ficar mais carregado nesta sexta-feira (8) em ruas dos bairros São Lourenço, Abranches e Taboão, que dão acesso à Pedreira Paulo Leminski.

O grupo gospel Hillsong United deve levar um público de 10 mil pessoas ao local, de acordo com os organizadores do evento.

Os bloqueios, organizados pela Superintendência de Trânsito (Setran), começam às 10h. Esse início pode sofrer alteração, dependendo da movimentação do público próximo à Pedreira.

A previsão é que os bloqueios de trânsito sigam até a meia-noite.

As vias com tráfego de veículos interrompido são: Eugênio Flor (entre as ruas Nilo Peçanha e Desembargador José Carlos Ribeiro Ribas), Manoel dos Santos da Silva (no cruzamento com a João Gava), Antônio Krainski (entre a Nilo Peçanha e a Benedito Correia de Freitas) e João Gava (entre a Manoel dos Santos da Silva e a Nilo Peçanha).

Moradores que tiverem residências no perímetro bloqueado poderão acessar as ruas mediante a apresentação de credencial ou documento que comprove a moradia.

Os portões da Pedreira serão abertos às 18h, com início da apresentação marcado para as 19h.

Centenário do Hospital Pequeno Príncipe

Neste fim de semana, a região do Hospital Pequeno Príncipe, no Água Verde, terá desvios de trânsito para apresentação do espetáculo Presente para o Futuro: 100 Anos de Vida. O evento, gratuito, comemora o centenário do maior hospital pediátrico do Brasil.

No sábado (9) e no domingo (10) a Avenida Silva Jardim será bloqueada para o trânsito de veículos no trecho entre as ruas Desembargador Motta e Brigadeiro Franco.

Os bloqueios ocorrerão das 18h às 23h, com apoio de agentes da Superintendência Municipal de Trânsito de Curitiba. O fluxo da Silva Jardim será direcionado para a Desembargador Motta, nos dois dias.

As entradas de emergências e internações do Pequeno Príncipe, pela Desembargador Motta, estarão abertas para garantir a continuidade dos atendimentos.

Luzes, música, dança e fortes emoções

Com projeção mapeada em frente à fachada histórica do hospital, na Avenida Silva Jardim, esquina com Desembargador Motta, o espetáculo terá luzes, música e dança e promete emocionar o público.

As apresentações acontecem no sábado e domingo, às 20h, com cerca de 45 minutos de duração cada. Por meio de um roteiro poético, o espetáculo irá encenar parte da história do hospital, com a participação de atores representando o Príncipe e a Raposa, personagens do livro de Saint Exupéry que inspira o nome da instituição, e Dona Ety, presidente voluntária há 53 anos da Associação Hospitalar de Proteção à Infância Dr. Raul Carneiro (mantenedora do Pequeno Príncipe).

extrema probreza

Em cinco anos, número de pessoas vivendo abaixo da linha extrema da pobreza aumentou 87% no Paraná

De acordo com o estudo Síntese de Indicadores Sociais (SIS) do IBGE, em 2018, cerca de 305 mil pessoas estavam vivendo abaixo da “linha extrema da pobreza” no Paraná, ou seja, que possuíam renda mensal inferior a R$ 145.

E não é só isso, os número estão crescendo. Em 2013, eram pouco mais de 163 mil pessoas vivendo nessa situação no estado, ou seja, crescimento de 87,3% nos últimos cinco anos.

Nesse mesmo período, o número de pessoas vivendo abaixo da chamada “linha da pobreza”, apresentou queda. Nessa estatística, a renda mensal per capita é de, no máximo, R$ 420.

Segundo o IGBE, o percentual de pessoas vivendo na linha da pobreza caiu de 14,2% para 13,7%. Essa foi a primeira retração no índice, desde 2014.

DESIGUALDADE

Os números são ainda mais preocupantes quando é feita a relação de cor e raça das pessoas.

De acordo com o estudo, no Brasil, a pobreza atinge sobretudo a população preta ou parda, que representa 72,7% dos pobres, em números, significa que são mais de 38 milhões de pessoas. E as mulheres pretas ou pardas compõem o maior contingente, 27,2 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza.

O estudo também revela que pessoas de cor ou raça preta e parda têm metade do rendimento domiciliar se comparado com pessoas de cor ou raça branca. Em 2018, o rendimento médio domiciliar per capita de pessoas pretas ou pardas era de R$ 934, enquanto a média de rendimento de pessoas brancas era de R$ 1.846, per capita.

Em relação às condições de moradia, 56,2% (29,5 milhões) da população abaixo da linha da pobreza não têm acesso a esgotamento sanitário; 25,8% (13,5 milhões) não são atendidos com abastecimento de água por rede; e 21,1% (11,1 milhões) não têm coleta de lixo.

Tanto em relação às inadequações habitacionais como em relação à ausência de saneamento, as proporções registradas são maiores entre pretos e pardos do que entre brancos. Entre pretos e pardos, 42,8% (49,7 milhões) não são atendidos com coleta de esgoto; 17,9% (20,7 milhões), não têm abastecimento de água por rede; e 12,5% (14,5 milhões) não têm acesso a coleta de lixo.

PRF - maconha - Paraná

PRF apreende 52 kg de maconha em carro no Paraná

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 52 quilos de maconha na tarde deste sábado (2) em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná. A droga estava escondida dentro das portas e sob o assoalho do porta-malas de um automóvel Peugeot 207.

O motorista foi preso em flagrante após ser abordado na BR-487 pela equipe da PRF de plantão na Unidade Operacional Porto Camargo.

Durante a abordagem, os policiais rodoviários federais desconfiaram do homem, de 23 anos de idade, e decidiram fazer uma fiscalização minuciosa do carro. Aos agentes da PRF, o preso disse que pegou a droga em Coronel Sapucaia (MS) e que pretendia entregá-la em Apucarana (PR).

A Polícia Rodoviária Federal encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Xambrê (PR). O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão.