câmara de apucarana
Compartilhar

Justiça autoriza Lúcio Funaro a deixar presídio e cumprir prisão domiciliar

Alex Rodrigues – Repórter da Agência BrasilO juiz da 10ª Vara Federal em Brasília, Vallisney de Souza, autorizou ..

Jordana Martinez - 19 de dezembro de 2017, 15:10

Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil

O juiz da 10ª Vara Federal em Brasília, Vallisney de Souza, autorizou o operador financeiro Lúcio Funaro a deixar a Penitenciária da Papuda e cumprir pena em regime fechado domiciliar, em Vargem Grande do Sul, no interior paulista, onde reside. Ele deixará Brasília e irá para São Paulo. Caso consiga concluir ainda hoje (19) a instalação de um sistema de monitoramento por câmeras em sua fazenda, em Vargem Grande do Sul, Funaro seguirá direto para lá.

O monitoramento da fazenda por câmeras de segurança foi a solução proposta pelo próprio Funaro para contornar a resistência inicial do magistrado, que apontava a falta de tornozeleiras eletrônicas em São Paulo e no Distrito Federal como um empecilho para que o doleiro deixasse a penitenciária. No início da audiência, o juiz Vallisney chegou a afirmar que a melhor forma de Funaro ser monitorado seria cumprir a prisão domiciliar em Brasília, mas acabou convencido pela defesa do acusado.

“É preciso eficácia apreendeu a maior quantia de dinheiro da história do país. Quem foi alvo não deve estar contente” afirmou o doleiro, ao final da audiência. Ele disse aos jornalistas que está arrependido das práticas que cometeu. “Qualquer pessoa que vá presa fica arrependida.”